Literatura Festival de literatura gratuito terá palestras, oficinas e shows de Maciel Melo e Moraes Moreira Feira Nordestina do Livro (Fenelivro) terá temática sobre 'a nova era dos extremos', convidado o público a refletir sobre a ascensão de discursos totalitários

Por: Emannuel Bento - Diario de Pernambuco

Publicado em: 13/09/2018 11:01 Atualizado em: 13/09/2018 09:52

Raimundo Carrero vai ministrar duas oficinas durante a programação. Foto: Paulo Paiva/DP e Divulgação
Raimundo Carrero vai ministrar duas oficinas durante a programação. Foto: Paulo Paiva/DP e Divulgação

Diante da ascensão de discursos totalitários e da intolerância no âmbito político no Brasil, a Feira Nordestina do Livro (Fenelivro) chega à sua 4ª edição apostando no tema Uma nova era de extremos - referência ao livro Era dos extremos, do historiador britânico Eric Hobsbawm. Realizada entre os dias 19 (próxima quarta) e 23 (domingo) no Centro de Convenções, em Olinda, a programação gratuita terá palestras, oficinas e lançamentos, incluindo convidados como Raimundo Carrero, Eduardo Bueno, Luisa Geisler e Julián Fuks, além de shows musicais de Moraes Moreira, Maciel Melo e Jessier Quirino.

Organizado pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) em parceria com a Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras de Livros (Andelivros), o evento reunirá 50 expositores, entre editoras nordestinas, distribuidoras de todo o país, colégios e editoras alternativas. A expectativa é receber 50 mil pessoas e movimentar R$ 2 milhões. O auditório principal contará com 300 lugares, enquanto uma outra sala para debates e palestras terá 150 assentos. Também será possível visitar o Café Literário e o Cantinho da Trela, espaço dedicado à literatura infantil. “A feira é importante para realizar um diálogo entre autores, editores e leitores. 

Sabemos que ela tem consequência direta para as pessoas se aproximarem do livro”, diz Ricardo Leitão, presidente da Cepe. A organização disponibilizará ônibus para escolas públicas que queiram fazer uma excursão ao evento. Entre os destaques, estão duas oficinas literárias com Raimundo Carrero (nos dias 20 e 22), a palestra sobre fake news com Vandeck Santiago, do Diario, Fernanda da Escóssia e Juliano Domingues (dia 21), e uma outra intitulada 1968: Uma revolta em casa esquina, com José Almino, Socorro Ferraz, Luiz Alencastro e Homero Fonseca (dia 22).

No dia 23, haverá lançamento dos livros Pesado (Wilfred Gadelha) e Música para o povo que não ouve (de Cannibal, sobre a banda Devotos). Os homenageados da edição são o escritor cearense Sidney Rocha e o poeta pernambucano Marcus Accioly, falecido em 2017.

Para conferir a programação completa, acesse à página no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.