novidade Baseada em brigas contadas no Twitter nova série da Globo vai retratar rivalidade entre vizinhas A história de armações entre a avó e a vizinha foi contada, na rede social, por Eduardo Hanzo e chamou a atenção de Glória Perez e Miguel Falabella

Por: Uai - Estado de Minas

Publicado em: 11/09/2018 16:15 Atualizado em: 11/09/2018 17:25

A história teve início em junho de 2017. Foto: Reprodução/Instagram
A história teve início em junho de 2017. Foto: Reprodução/Instagram

Até onde vai a rivalidade entre vizinhas que se conhecem desde a infância, nutrem rancor uma pela outra, mas não conseguem viver uma longe da outra? A história revelada por Eduardo Hanzo, na sua conta no Twitter (@EduardoHanzo), mostra que não tem limites, quando se quer vingar de alguém. No entanto, as brigas se tornaram em situações mais do que cômicas.

Eduardo usou os 280 caracteres da rede social para contar a briga entre avó e a vizinha apelidade de "Boi'. Os capítulos da novela passaram a ser acompanhados pelos seguidores de Eduardo, com engajamento orgânico medido nas centenas de compartilhamentos dos tuítes. Até que o emboglio chegou ao conhecimento de Miguel Falabella e Glória Perez, que não só gostaram da trama, como resolveram transformá-la em série para a TV Globo.

A história teve início em junho de 2017. Eduardo Hanzo publicou tuíte para contar o conflito entre as duas. "Boi é o apelido da vizinha dado por minha avó. até lá pelo meio dos anos 90 minha avó chamava a vizinha de A Vaca, mas, lá por 1996, minha vó decidiu que isso era muito machista e que tudo tinha limites, e A Vaca foi renomada pra A Boi". 

As duas se conhecem desde a infância, há mais de 60 anos e, inclusive moraram na mesma casa. A desavença começou, na adolescência, quando Boi  teria roubado dois namorados da amiga. A rivalidade piorou bastante quando Boi se casou com um deles. "Anos depois A Boi casou com o segundo namorado roubado num casamento feito na rua de casa, na frente da casa da minha avó".

A rivalidade gerou planos de armações miraboltantes de uma vizinha com a outra. Edu conta que a avó pagava "moleques do bairro" para ficar o dia inteiro tocando a campainha dda Boi. Em resposta, a Boi desligava o disjuntor de energia da casa da vizinha, quando percebia que ela fazia uso de inaladores para respirar. As brigas se tornaram caso de polícia. 

A avó tem certeza que a Boi matou pelo menos cinco cachorros da avó. Por outro lado, as galinhas que a Boi cria aparecem mortas em circunstâncias não explicadas. A avó já envendeou todas as plantas da Boi com soda cáustica e querosene.  Mas não só o ódio alimentou a relação entre as duas. Numa virada shakespeareana da história, as gerações que sucederam nutriram outro tipo de sentimento.

Quase um ano e meio depois do primeiro tuíte, Eduardo publicou foto no Rio de Janeiro com Glória Perez e Miguel Falabella. Ele assinará o roteiro da série com Falabella. O diretor também confirmou na sua conta no Twitter que a história vai para a TV. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.