Premiação Micheliny Verunschk é única pernambucana entre finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura 2018 Autora está entre os dez indicados na categoria de melhor livro de romance de 2017

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 10/09/2018 18:10 Atualizado em: 10/09/2018 18:16

Autora publicou primeiro romance em 2015. Foto: Ivson Miranda/Divulgação
Autora publicou primeiro romance em 2015. Foto: Ivson Miranda/Divulgação

Depois de sair premiada como autora revelação, em 2015, a recifense Micheliny Verunschk volta figurar entre os finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura, desta vez concorrendo categoria melhor livro de romance do ano. A autora concorre com O Peso do coração de um homem e disputa o prêmio de R$ 100 mil com outros nove escritores. A cerimônia de entrega do prêmio será em novembro.

Há três anos, a escritora pernambucana recebeu o prêmio de melhor estreante com mais de 40 anos, com o seu primeiro romance Nossa Teresa - vida e morte de uma santa suicida. Na mesma edição do Prêmio São Paulo de Literatura, outra pernambucana foi contemplada, Débora Ferraz foi escolhida melhor estreante com menos de 40 anos, pelo romance Enquanto Deus não está olhando.

Ao todo, são 20 obras concorrendo nas três categorias. Os romances concorrentes, publicados em 2017, foram selecionados entre 157 inscritos. São dez obras concorrendo a R$ 200 mil na categoria melhor livro de romance do ano; seis disputarão R$ 100 mil na categoria melhor livro de romance do ano para autor estreante com mais de 40 anos; e quatro estão concorrendo a R$ 100 mil na categoria melhor livro de romance do ano para autor estreante com menos de 40 anos. O prêmio é promovido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

Confira a relação completa dos finalistas

MELHOR ROMANCE DE 2017

Ana Paula Maia - Assim na terra como embaixo da terra (Record)
Carol Bensimon - O Clube dos jardineiros de fumaça (Cia das Letras)
Evandro Affonso Ferreira - Nunca houve tanto fim como agora (Record)
Heloisa Seixas - Agora e na hora (Cia das Letras)
Joca Reiners Terron - Noite dentro da noite (Cia das Letras)
Leonardo Brasiliense - Roupas sujas (Cia das Letras)
Marcelo Mirisola - Como se me fumasse (34)
Márcia Barbieri - O Enterro do lobo branco (Patuá)
Micheliny Verunschk - O Peso do coração de um homem (Patuá)
Milton Hatoum - A Noite da espera (Cia das Letras)

MELHOR ROMANCE - AUTOR ESTREANTE COM MAIS DE 40 ANOS

Carlos Eduardo Pereira - Enquanto os dentes (Todavia)
Cinthia Kriemler - Todos os abismos convidam para um mergulho (Patuá)
Cristiano Baldi - Correr com rinocerontes (Não Editora)
Cristina Judar - Oito do sete (Reformatório)
Jose Roberto Walker - Neve na manhã de São Paulo (Cia das Letras)
Leonor Cione - O Estigma de L. (Quelônio)

MELHOR ROMANCE - AUTOR ESTREANTE COM MENOS DE 40 ANOS

Aline Bei - O Peso do pássaro morto (Nós)
José Almeida Júnior - Última hora (Record)
Mauro Paz - Entre lembrar e esquecer (Patuá)
Tiago Feijó - Diário da casa arruinada (Penalux)

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.