música Grupo mineiro Zé da Guiomar se apresenta no Recife nesta terça-feira A banda é a atração do mês de agosto do Samba de Bamba, projeto da Caixa Cultural

Por: Mabson Rodrigues - Diario de Pernambuco

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 27/08/2018 18:15 Atualizado em: 27/08/2018 18:19

Grupo que mistura samba com bossa nova desembarca no Recife pela primeira vez. Foto: Divulgação
Grupo que mistura samba com bossa nova desembarca no Recife pela primeira vez. Foto: Divulgação

Um dos principais grupos de samba do país, a banda Zé da Guiomar é a atração do mês de agosto, da temporada 2018, do projeto Samba de Bamba. A iniciativa acontece uma vez por mês, sempre as terças-feiras, às 20h, no teatro da Caixa Cultural do Recife. Baseado em quatro discos gravados, ao longo dos 18 anos de carreira, o show vai exibir uma série de clássicos do samba mineiro, carioca e baiano, apresentando um painel afetivo e sintomático da música brasileira. 

Formado pelos músicos Márcio Souza (vocal e violão), Valdênio (cavaquinho), Renato Carvalho (sax) e Totove Ladeira (percussão), o grupo iniciou a carreira no meio musical no ano 2000 e foi responsável pelo fortalecimento e a renovação do samba no estado de Minas Gerais. Contando ainda com a participação especial instrumentistas como Marcos Flávio (trombone) e Alexandre Batista e Rodrigo Martins (percussão), a banda se destacou no cenário por misturar samba com outros ritmos como a Bossa Nova em suas produções, se tornando uma das atrações com maior público da capital mineira. 

De acordo com o percussionista, Totove Ladeira, um dos criadores do grupo, a mistura de sons da Zé da Guiomar, surgiu de forma espontânea, com base nas vertentes musicais dos integrantes da banda. “Apesar de hoje ser uma das nossas principais características, essa combinação de samba com bossa nova se formou de um jeito inusitado. O nosso vocalista, o Márcio Souza, ele tem um conhecimento muito vasto com relação a essa sonoridade, e aos poucos fomos pegando uma idéia daqui, outra dali, fomos somando nossas opiniões e automaticamente surgiu o som da Zé da Guiomar”, disse. 

Pela primeira vez no Recife, os sambistas prepararam uma seqüência de composições consagradas que prometem animar o público pernambucano. O repertório do show conta com canções como Incompatibilidade de Gênios, O Samba é Meu Dom, Direito de Sambar, A Flor e o Espinho, além de sambas autorais como Solidão, Dizendo Adeus, Faltou Você, e ainda músicas de outros grandes artistas da música brasileira como Samba do Avião, de Tom Jobim e Receita de Samba, de Jacob do Bandolim. 

Ainda segundo o músico, a apresentação no Recife é a realização de um sonho antigo, devido à forte ligação cultural presente em Pernambuco. “É incrível saber que vamos nos apresentar no Recife, é uma consumação antiga. Pernambuco é um estado tão rico em belezas, em cultura, que encanta qualquer artista. Preparamos um show bem especial, para mostrar a força e a musicalidade do samba mineiro ao povo pernambucano”, completou Ladeira. 

O show da Zé da Guiomar no Samba de Bamba tem previsão de 80 minutos de duração, com classificação livre. Os ingressos para a exibição custam R$ 30 (inteira), R$ (15 (meia), à venda no dia do evento, na bilheteria do teatro. 

Serviço
Samba de Bamba com o grupo mineiro Zé da Guiomar
Quando: 28 de agosto (terça-feira), às 20h
Onde: Teatro da Caixa Cultural: Av. Alfredo Lisboa, 505, Bairro do Recife
Quanto: R$ 30 e R$ 15 (meia), à venda no dia do show, a partir das 10h, na bilheteria do teatro
Informações: (81) 3425.1905


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.