Literatura infantil Filhas transformam história que a mãe contava na hora de dormir em livro 'Os pintinhos coloridos' será lançado nesta quinta-feira, na Livraria da Praça, em Casa Forte

Publicado em: 20/08/2018 10:00 Atualizado em: 20/08/2018 15:05

O livro, escrito por Maria Melo, tem ilustrações da pernambucana Amanda Aquino. Foto: Anamaria Nascimento/DP.
O livro, escrito por Maria Melo, tem ilustrações da pernambucana Amanda Aquino. Foto: Anamaria Nascimento/DP.
A hora de dormir sempre foi o momento mais esperado do dia na casa da psicopedagoga Maria Melo. Quando chegava do trabalho, mesmo cansada, ela cumpria o ritual de sentar junto à cama das filhas e contar uma história. Às vezes, escolhia uma das muitas dos Irmãos Grimm. Outras, deixava a imaginação fluir na tentativa de fazer as crianças pegarem no sono. Esses contos, feitos a partir dos elementos do cotidiano, nunca saíram da cabeça das meninas. Nesta quinta-feira, para celebrar os 60 anos de Maria, a família decidiu transformar aquela imaginação em realidade. Um livro com a história que permaneceu no cotidiano familiar por mais de 20 anos foi editado e será lançado na Livraria da Praça, em Casa Forte. 

Os pintinhos coloridos conta a história da galinha Mariinha e sua luta para proteger junto com o marido, o galinho Saulinho, seus dez ovos coloridos. Para criar essa saga, Maria recorreu à memória afetiva das filhas, hoje com 29 e 28 anos. Mariinha, na verdade, era a avó de coração das meninas, que tinha um galinheiro no quintal e sempre levava as netas para recolher os ovos.

O quintal, espaço do brincar delas, foi também transformado em um motivo de iniciação à leitura. "Considero que é importante contar histórias já na gestação. E eu fazia isso. Contava histórias e conversava com o bebê quando eu estava grávida. E continuei fazendo isso durante toda infância delas", explica Maria.

Como professora, ela sabe da importância da estimulação precoce à leitura. Aprendeu na prática, também, que as noites debruçada sobre a própria criatividade era de reforço do vínculo materno. "Para mim era prazeroso esses momentos com elas. Momentos de muito afeto e criatividade. Era muito divertido. Elas ficavam atentas, curiosas, faziam perguntas", acrescenta.

A história dos pintinhos coloridos mudou muitas vezes. Da época da oralidade até ser transformada em papel, ganhou novos elementos a cada noite de regresso de Maria do trabalho. A versão final, cujas filhas mantêm viva na memória mais duas décadas depois, está disponível no livro.

"A mensagem que passa é de amor e proteção dos pais. Da união entre eles e também da diversidade, já que são pintinhos coloridos", conta Maria. O lançamento da obra ocorre nesta quinta-feira, na Livraria da Praça, em Casa Forte, a partir das 17h. O livro tem ilustrações da pernambucana Amanda Aquino, selecionada em 2017 para participar do Artist’s Alley da CCXP, em São Paulo, e será vendido apenas no dia do lançamento. Após o evento, a obra infantil pode ser adquirida por solicitações no email livropintinhoscoloridos@gmail.com.

Serviço:
Lançamento do livro Os pintinhos coloridos
Quando: 23 de agosto (quinta-feira)
Onde: Livraria da Praça (Praça de Casa Forte)
Horário: das 17h às 20h
Preço: R$ 19,90 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.