Agenda Festival de literatura divulga programação e homenageia o poeta Miró A Letra e a Voz será realizado de 24 a 26 de agosto, com oficinas, palestras e música, com entrada gratuita

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 15/08/2018 18:57 Atualizado em:

Festival aborda o tema A Cidade do Poeta e o Poeta da Cidade para celebrar a poesia urbana e urgente de Miró. Foto: PCR/Divulgação
Festival aborda o tema A Cidade do Poeta e o Poeta da Cidade para celebrar a poesia urbana e urgente de Miró. Foto: PCR/Divulgação

A 16ª edição do Festival Recifense de Literatura - A Letra e a Voz, realizado de 24 a 26 de agosto, trará o tema A Cidade do Poeta e o Poeta da Cidade, para celebrar a poesia urbana e urgente de Miró. A programação, divulgada nesta quarta-feira (15), volta a ocupar a Avenida Rio Branco, com feira de livros, rodas de conversa, oficinas, lançamentos e debates gratuitos.

O festival é realizado pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, em parceria com a Academia Pernambucana de Letras e a Universidade Católica de Pernambuco. "O evento deste ano celebra a produção literária contemporânea e espontânea", afirmou o presidente Diego Rocha durante a coletiva de imprensa. 

"A literatura sempre buscou desvendar a incógnita que são as metrópoles. Aconteceu na Paris de Baudelaire. Na Londres de Dickens. No Rio de Janeiro de Lima Barreto. E aqui também, no Recife de Miró, poeta cuja vida e obra se confundem com as cinzas, as ferrugens, as fumaças, luzes, buzinas e folguedos da cidade”, complementou o curador do evento, Sennor Ramos.

"Eu sou isso mesmo, sou essa cidade, sou o Recife", declarou Miró. "Tenho 40 anos de poesia nas ruas dessa cidade. Já vivi muita coisa, já vendi nove livros enquanto atravessava uma ponte. Mas essa é a primeira vez que recebo uma homenagem. Vivo e sobrevivo de poesia. Ela me salva de tudo. E agora me trouxe até aqui. É muito emocionante ser homenageado por minha poesia e por minha cidade."

O poeta vai abrir a programação, na sexta-feira (24), a partir das 17h, em um bate papo com a provocação de Sidney Rocha. E encerra o evento, no domingo (26), também a partir das 17h, dividindo o palco com o músico Amaro Freitas, o DJ e poeta Clécio Rimas e com a vencedora do Slam BR (Campeonato Brasileiro de Poesia Falada), Bell Puã. 

Confira a programação completa:

PRÉ-FESTIVAL

Quinta-feira, 16 de agosto
17h - A Letra e a Voz de Miró. Conversa e récita com o poeta Miró
Local: UNICAP - Universidade Católica de Pernambuco (térreo do bloco G) - Boa Vista

FESTIVAL
De 24 a 26 de agosto, na Avenida Rio Branco

Sexta-feira, 24 de agosto
17h - Abertura oficial
18h - A Letra e a Voz de Miró. Bate papo com Sidney Rocha e o homenageado do Festival
19h - APL apresenta: Projeto Roda de Conversas %u2500 Conhecendo mais e melhor o Recife. Bate papo com os autores da coletânea Denis Bernardes de Ensaios. Apresentação por Cícero Belmar e Jorge Siqueira
20h - Lançamento e sessão de autógrafos com os participantes da coletânea

Sábado, 25 de agosto 
14h às 17h – Oficinas: 
Para diminuir a gravidade das coisas %u2500 Poesia visual com Clarice Freire
Agulhas, dobras & cavalos: noções de diagramação e artesania editorial com Fred Caju
Vento nonsense na cidade %u2500 Narrativas em quadrinhos com João Lin
Narrativas breves (e outras bem tanto) com Marcelino Freire

18h - É do sonho dos homens que uma cidade se inventa
A Cidade do Poeta por Antônio Paulo Rezende
O Recife de Carlos Pena Filho por Robson Teles
A São José do Egito de Lourival Batista por Antônio Marinho
Mediação de Cícero Belmar

20h - O Cão sem Plumas numa Mesa de Glosas com Clécio Rimas, Dayane Rocha, Edmilson Ferreira, Elenilda Amaral e Paulo Matricó. Coordenação de Jorge Filó

Domingo, 26 de agosto 
10h - Festa do Livro, com editoras, sebos, mediadores de leitura, recitais, atividades lúdico-literárias, lançamentos de livros e bibliotecas comunitárias
17h - Reboo %u2500 Jam poético-musical
Clécio Rimas recebe Amaro Freitas, Bell Puã e Miró


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.