Cultura Afro Afoxé da Zona Norte do Recife representa Pernambuco no carnaval de Londres O Ylê de Egbá embarca neste final de semana e pretende ficar durante todo o mês em territórios britânicos, onde apresenta um espetáculo inédito e várias oficinas culturais

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 03/08/2018 22:29 Atualizado em:

Foto: Hans von Manteuffel/Divulgação
Foto: Hans von Manteuffel/Divulgação

O Afoxé Ylê de Egbá, do Alto José do Pinho, na Zona Norte do Recife, será uma das principais atrações do Festival London Notting Hill Carnival desde ano. O grupo pernambucano embarca neste final de semana e pretende ficar durante todo o mês em terras britânicas, onde apresentará um espetáculo inédito e várias oficinas culturais.  

O evento já está na 53ª edição e ocorre sempre no mês de agosto. Ele reúne grupos de vários lugares do mundo em uma grande festividade gratuita no bairro de Notting Hill, na Zona Oeste de Londres. A culminância ocorre entre os dias 27 e 28 de agosto, quando o grupo irá apresentar o show Batukajé, o som que sai dos atabaques Rum, Rumpi e Lé no palco principal do evento.

Foto:  Hans von Manteuffel/Divulgação
Foto: Hans von Manteuffel/Divulgação

Além da apresentação do espetáculo, o afoxé ministrará oficinas de percussão e indumentárias afro-brasileiras. Expedito Neves, conhecido como Dito d'Osòósi explica que o evento permite a divulgação da cultura afro-pernambucana. "Somos um povo formado por uma grande diversidade cultural e que faz o melhor carnaval. A identidade africana está presente em toda parte. A música tem como proposta exaltar a beleza, musicalidade e, principalmente, a herança deixada pelos antepassados. É uma excelente oportunidade para reafirmar a luta do povo negro em defesa da tradição", explica.

A entidade cultural, que também é Ponto de Cultura, atualmente atende cerca de 120 pessoas na comunidade recifense, onde oferece diversas atividades culturais de valorização da identidade do povo negro.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.