seriado Evangeline Lilly diz ter sido pressionada a fazer cena de nudez em 'Lost' Atriz ainda lembrou que a experiência foi tão traumática e que, desde então, tem limitações com relação a este tipo de ação

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 03/08/2018 19:21 Atualizado em: 03/08/2018 19:33

De acordo com Evangeline, desde 'Lost' trabalhos que envolvem nudez são negados. Foto: Reprodução/Internet
De acordo com Evangeline, desde 'Lost' trabalhos que envolvem nudez são negados. Foto: Reprodução/Internet

Se para muitos fãs a série Lost – que ficou no ar entre 2004 e 2010 – foi uma fonte de diversão, para a protagonista, Evangeline Lilly, parece que a experiência não foi tão alegre assim. A atriz contou, em uma entrevista para o podcast The Lost Boys, que foi pressionada a fazer uma cena de nudez que a levou às lágrimas.

“Em algum momento da terceira temporada, eu tive uma experiência ruim em que fui pressionada a fazer uma cena de nudez. Eu senti que simplesmente não tinha escolha”, afirmou Evangeline. Atualmente, a atriz é a estrela de Homem-Formiga e a Vespa. 

Evangeline também contou que a situação, além de constrangedora, ganhou contornos de trauma, mas não pareceu importar para a equipe da produção: “Eu fiquei mortificada. Estava tremendo quando a gente terminou, e tive uma crise de choro. Poucos momentos depois tive de ir direto para uma outra cena muito forte”.

A quarta temporada e o controle da situação

A intérprete da personagem Kate em Lost ainda contou que a situação de ter que ficar sem roupa em frente às câmeras continuaram, e novamente não foram agradáveis: “Na quarta temporada, outra cena de nudez surgiu, e eu lutei muito para ficar no controle da situação, mas falhei, foi onde eu bati o pé e falei 'chega, eu não vou mais fazer isso. Vocês podem escrever o que quiserem, mas eu não vou tirar minha roupa novamente'”.

Trauma permanente

Evangeline contou que, desde então, se recusa a fazer cena de nudez, e diferentemente da época de Lost, tem mais poder para impedir tal situação. “Eu venho atuado por 15 anos e agora me sinto um pouco mais equipada para não passar por situações desconfortáveis”, admitiu.

“Pelo fato de eu ter passado por essas situações ruins, sempre que recebo um roteiro que envolve cenas de nudez eu nego, e não é pelo fato de eu achar que existe um problema com cenas de nudez, mas pelo fato de que eu não confio, ou me sinto segura, fazendo. Eu tenho sorte, porque agora posso ser seletiva em relação a isso, mas as mulheres que estão começando a carreira nessa indústria não sabem como lidar com isso”, concluiu.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.