Teatro FIG 2018: De volta à programação, peça com Jesus trans tem local e horário divulgados Espetáculo é protagonizado pela atriz transexual Renata Carvalho

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 27/07/2018 15:57 Atualizado em:

A peça é um monólogo e traz histórias bíblicas sob a perspectiva contemporânea. Foto: Reprodução/Facebook
A peça é um monólogo e traz histórias bíblicas sob a perspectiva contemporânea. Foto: Reprodução/Facebook

Reinserida na programação oficial do 28º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) após determinação da Justiça, a peça teatral O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu teve local e horário de apresentação definidos pela Fundarpe. A montagem será encenada nesta sexta-feira (27), às 21h, em palco montado em Salão de Eventos na Rua Celso Galvão, no bairro de Heliópolis, no Agreste pernambucano. De acordo com comunicado, serão distribuídos 200 ingressos para a sessão e cada pessoa só poderá retirar um ingresso.

Após ação do Ministério Público, o desembargador Silvio Neves Baptista Filho negou o pedido de reconsideração realizado pelo Governo de Pernambuco na quinta-feira (26) e reiterou a decisão determinando o retorno do espetáculo à programação do evento. No caso de descumprimento da medida, o Estado e a Prefeitura teriam que pagar multa de R$ 50 mil. 

"A atração nada mais é do que um drama teatral, que busca conscientizar e estimular a reflexão sobre a discriminação social de uma minoria, especialmente das transexuais e travestis", escreveu o desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) na liminar.

Polêmica
Inicialmente, O Evangelho seria encenado na quinta-feira (26), de acordo com a programação divulgada pela Fundação de Cultura. No entanto, o enredo do espetáculo protagonizado pela atriz transexual Renata de Carvalho, no papel de Jesus, acabou incomodando setores conservadores que enxergaram a peça como "um desrespeito à religião". Nas redes sociais, a atriz chegou a ser ameaçada de morte. A polêmica iniciou com a exigência do prefeito de Garanhuns Izaías Régis (PTB), que se mostrou contrário à apresentação. Em seguida, em carta enviada pela Diocese de Garanhuns, o bispo Dom Paulo Jackson ameaçou "proibir que a Igreja Catedral fosse utilizada como um dos palcos do festival". Outras tentativas de censura ao espetáculo também ocorreram em cidades como Jundiaí (SP), Salvador (BA) e Porto Alegre (RS), e no Rio de Janeiro, por ação do prefeito Marcelo Crivella.

Serviço
Espetáculo Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu
Quando: Sexta-feira, 27, às 21h
Onde: (Rua Celso Galvão, 1,Heliópolis)
Gratuito


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.