Música Cantores de brega fazem evento beneficente em prol do tratamento de cantor da Banda Torpedo Deivison Kellrs luta contra câncer no fígado e passa por sessões de quimioterapia semanais

Por: Marina Simões - Diario de Pernambuco

Publicado em: 25/07/2018 20:01 Atualizado em:

Ao lado dos vocalistas da banda, Luiza Ketilyn, Francyne Roper e Júnior Dieckman, o cantor de brega agradeceu o apoio dos fãs. Foto: Instagram
Ao lado dos vocalistas da banda, Luiza Ketilyn, Francyne Roper e Júnior Dieckman, o cantor de brega agradeceu o apoio dos fãs. Foto: Instagram


Diagnosticado com câncer no fígado, o cantor Deivison Kellrs, vocalista da banda Torpedo, apareceu no Programa Interativo (SBT), na tarde desta quarta-feira (25), para divulgar o show beneficente Todos com Deivison Kellrs, que será realizado no próximo dia 4 de agosto, no N.B. Society Club, na Bomba do Hemetério. O dinheiro arrecadado no evento será destinado ao tratamento do artista, orçado em cerca de R$ 12 mil mensais. Os cachês das bandas Sedutora, Swing do Amor, Torpedo, Michelle Melo, MC Elvis, Dadá Boladão, MC Tocha, MC Japão, Roginho, Danilo Bolado, Clebinho, Anderson Roger, Banda Espartilho e Banda Infiel serão revertidos para a causa.  

Ao lado dos vocalistas da banda, Luiza Ketilyn, Francyne Roper e Júnior Dieckman, o cantor de brega agradeceu o apoio dos fãs e se emocionou durante a apresentação da canção Fase ruim. Há um ano, o artista vem enfrentando o tratamento contra o câncer no fígado. Ele passou por diversas sessões de quimioterapia e, segundo o empresário da banda Torpedo, a doença está estacionada, embora ele esteja muito debilitado. "Ele não consegue ficar em pé, reclama de muita dor e está com os membros inferiores inchados por estar sempre deitado na cama", explica Silvano Melo. Os médicos estão estudando a possibilidade Deivison fazer um transplante. 

Diagnóstico
O cantor de brega de 28 anos foi diagnosticado em julho do ano passado, quando precisou diminuir a agenda de shows e se ausentar dos palcos para tratar a doença. Ele vem se submetendo ao tratamento, que consiste em sessões de quimioterapia e medicamentos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.