TV Netflix enfrenta processo legal após estreia de série indiana Produção teria "ofendido a imagem" de um ex-primeiro ministro da Índia

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 17/07/2018 10:01 Atualizado em:

A produção de oito episódios chegou a plataforma de streaming em 6 de julho. Foto: Netflix/Divulgação
A produção de oito episódios chegou a plataforma de streaming em 6 de julho. Foto: Netflix/Divulgação

A minissérie indiana Sacred games, da Netflix, enfrenta um processo legal na Delhi High Court, uma das cortes superiores da Índia. De acordo com o portal The Hollywood Reporter, a ação foi movida por Nikhil Bhalla, uma advogada e parlamentar do país, que acusa a produção de ter “diálogos inapropriados e ataques políticos que ferem a reputação de Rajiv Gandhi (ex-primeiro ministro do país)".

A produção de oito episódios chegou a plataforma de streaming em 6 de julho. Dirigida por Anurag Kashyap e Vikramaditya Montwane, a série foi baseada na obra literária homônima de Vikram Chandra e aposta na revelação do submundo de Mumbai, que envolve o contexto política do país mais populoso do mundo.
 
Enredo e legalidade - Sacred games conta o enredo do policial Sartaj Singh, que em uma noite recebe a ligação de um gângster chamado Ganesh Gaitonde. O criminoso era considerado morto por 15 anos, mas retorna para ameaçar toda a cidade de Mumbai, a não ser que Singh o impeça.

O problema legal da atração começa a partir do momento que a produção também exibe imagens históricas e neste contexto referências ao ex-primeiro ministro Rajiv Gandhi. Em determinados momentos o nome do político é associado a questões de corrupção, tráfico de armas e até envolvimento em questões religiosas (sobre um caso envolvendo os direitos de divórcio das mulheres islâmicas). Em um ponto da série, o ex-primeiro ministro é chamado de "Fattu", uma palavra em Hindi que designa "covarde".

A Índia não exerce controle sobre conteúdo de internet, entretanto exerce censura sobre conteúdo televisivo, daí a delicada questão legal empreendida contra a Netflix.
 
Confira o trailer da série:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.