Web Anitta defende Nego do Borel após acusação de oportunismo em clipe: 'Precisa aprender muito' Cantor foi criticado por aparecer vestido de mulher e beijando outro homem em novo videoclipe

Por: Estado de Minas

Publicado em: 11/07/2018 11:22 Atualizado em:

Anitta afirma que o artista é 'uma pessoa ingênua'. Foto: Instagram/Reprodução
Anitta afirma que o artista é 'uma pessoa ingênua'. Foto: Instagram/Reprodução

A cantora Anitta resolveu entrar na polêmica em que se envolveu o cantor Nego do Borel, após lançamento de clipe da canção Me solta, em que aparece com trajes femininos e beijando outro homem. O funkeiro completou 26 anos, na terça-feira, e Anitta parabenizou o amigo nas redes.  

O artista foi acusado de hipocrisia e oportunismo pela comunidade LGBT+. De acordo com algumas postagens, o lançamento seria uma mera jogada de marketing, já que a performance certamente traria grande repercussão. Pesa ainda sobre o artista a acusação de apoiar o pré-candidato à presidência Jair Bolsonaro, frequentemente apontado como homofóbico. Borel, entretanto, negou que apoie o político.

Na postagem, Anitta defendeu o artista. "Eu entendo que nem todo mundo tem a mesma compreensão. Como eu disse na legenda, o Nego é uma pessoa ingênua que precisa ainda aprender muitas coisas. Eu não posso deixar de amá-lo por isso. O que posso fazer é instrui-lo sempre que eu vir algo que ache errado. E cabe a ele seguir ou não", postou. "Quando a gente ama uma pessoa, a gente tenta sempre levar ela pra cima. Não tem por que ter vergonha. Não significa que estou de acordo com TUDO que ele faça. Só significa que o amo e estarei do seu lado no acerto para bater palmas e no erro para ajudá-lo a melhorar", completou Anitta nos comentários.

O posicionamento dividiu opiniões entre os seguidores da cantora. "Amiga, homofobia não é ingenuidade, não", disse uma seguidora. Alguns famosos fizeram coro à Anitta - como Adriane Galisteu, Dani Calabresa e Enzo Celulari.

Assista ao clipe de Me solta:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.