Artes plásticas Exposição no Recife reúne obras aborígenes da Austrália Pinturas, esculturas, litografia e bark paintings compõem o acervo de O Tempo Dos Sonhos: Arte Aborígene Contemporânea da Austrália

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 11/06/2018 12:40 Atualizado em:

O acervo conta com obras da Coo-ee Art Gallery, a galeria mais antiga em arte aborígene da Oceania. Foto: Emmanuelle Bernard/Divulgação
O acervo conta com obras da Coo-ee Art Gallery, a galeria mais antiga em arte aborígene da Oceania. Foto: Emmanuelle Bernard/Divulgação

A exposição O Tempo Dos Sonhos: Arte Aborígene Contemporânea da Austrália entrará em cartaz no Recife a partir desta terça-feira (12), às 19h, reunindo mais de 40 obras de importância histórica. As peças contam com uma linguagem moderna e contemporânea e técnicas diversas, tais como pinturas, esculturas, litografia e bark paintings (pinturas em entrecasca de eucalipto). Composto por trabalhos de nomes como Rover Thomas, Tommy Watson e Emily Kame Kngwarray, o acervo ficará disponível para visitações na Caixa Cultural, localizada no Bairro do Recife.

A exposição conta com obras da Coo-ee Art Gallery, a galeria mais antiga em arte aborígene da Oceania. Peças de coleções privadas e instituições governamentais também podem ser vistas na exposição. Os trabalhos artísticos representam um período de 45 anos, desde o início da comercialização da arte aborígene contemporânea na década de 1970 até o presente.

"Essa coleção é um presente à população brasileira. Em um acervo de mais de três mil obras, selecionamos aquelas mais significativas. Muitas já foram publicadas em inúmeros catálogos de arte, citadas em teses de doutorado e exibidas em várias instituições de prestígio na Austrália, Europa e América do Norte", conta o curador brasileiro Clay D´Paula em comunicado divulgado à imprensa. Ele assina a curadoria junto com os com os australianos Adrian Newstead e Djon Mundine.

SERVIÇO
O Tempo dos Sonhos: Arte Aborígene Contemporânea da Austrália
Onde: CAIXA Cultural (Avenida Alfredo Lisboa, 505, Bairro do Recife)
Quando: Período: 13 de junho a 05 de agosto de 2018
Horários: terça-feira a sábado, das 10h às 20h. Domingo, das 10h às 17h
Quanto: Gratuito


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.