• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Incentivo Projeto que estimula a produção audiovisual no interior de Pernambuco vai capacitar 400 pessoas Até o fim do ano, o Documentando vai realizar oficinas gratuitas em festivais e eventos de 16 cidades pernambucanas

Por: Emannuel Bento - Diario de Pernambuco

Publicado em: 07/05/2018 11:12 Atualizado em:

Projeto Documentando no município de Vicência. Foto: Projeto Documentando/Divulgação
Projeto Documentando no município de Vicência. Foto: Projeto Documentando/Divulgação

Criado em 2009 para estimular a produção audiovisual no interior de Pernambuco, o projeto Documentando chega em sua quarta edição com duas atividades na programação da Mostra Pajeú de Cinema, realizada a partir desta segunda-feira (7). Nas oficinas gratuitas, os participantes poderão conhecer o processo de realização de documentários, compreendendo a construção de roteiro, produção, captação e edição de vídeo. A convocatória para o preenchimento das vagas é feita por meio de parcerias com instituições dos municípios.

O calendário da temporada possui oficinas até dezembro, integrando a programação de diversos festivais e eventos em 16 cidades, entre elas Caruaru, Bezerros, Lagoa do Carro, Ingazeira, Orobó, Itacuruba, Nazaré da Mata e Recife. A proposta é capacitar 400 pessoas. Para conferir datas e locais, acesse a o Facebook (facebook.com/documentando).

O cineasta Marlom Meirelles, idealizador do projeto e facilitador das oficinas, conta que ter nascido em Bezerros, no Agreste, o ajudou a perceber como a produção audiovisual deve ser estimulada no interior. "Na época que decidi estudar cinema não tinha nenhum curso, oficinas e afins. Hoje, há um cuidado maior sobre essa formação. Já encontrei muitos alunos do Documentando reproduzindo conteúdo para a internet, outros estão focados em festivais", diz. Ele ressalta que um dos vencedores do 11ª edição do Curta Taquary, o belo-jardinense David Henrique, foi aluno em uma das oficinas do projeto.

Além das questões técnicas, os participantes das oficinas serão provocados a refletir sobre suas vivências e compreender narrativas que contemplem questões sociais como territorialidade, identidade, raça e gênero. A pertinência da abordagem é intensificada diante do público alvo de alguns dos encontros, que incluem indígenas, negros, pessoas em situação de vulnerabilidade social e alunos da rede pública de ensino. "A formação em documentário estimula a criticidade, um outro olhar sobre a sociedade e os problemas. Através desse gênero, o estudante pode promover uma alteração na realidade, principalmente no contexto atual, em que o Brasil está de ponta a cabeça", conta Meirelles.

Confira a programação da Mostra Pajeú de Cinema:

IGUARACY 
De 7 a 11 de maio
13h30 - Oficina Documentando 
Com Marlom Meireles
Local: Escola Judite Bezerra da Silva

Quarta, 16 de maio
13h – Oficina de Formação Cineclubista 
Com Yanara Galvão (PE)
Local: Auditório da Secretaria Municipal de Educação de Iguaracy

INGAZEIRA
De 14 a 18 de maio
7h30 - Oficina Documentando 
Com Marlom Meireles
Local: Centro de Atividades Econômicas (CAE) de Ingazeira

Sexta, 18 de maio
13h – Oficina de Formação Cineclubista 
Com Yanara Galvão (PE)
Local: Centro de Atividades Econômicas (CAE) de Ingazeira

AFOGADOS DA INGAZEIRA
Quinta, 17 de maio
8h – Oficina de Formação Cineclubista 
Com Yanara Galvão (PE)
Local: Auditório da EREM Professora Ione de Góes Barros (antigo CNE)

14h – Encontro com pesquisadores de cinemas de rua 
Com João Luiz Vieira (RJ)
Local: Auditório da Secretaria de Assistência Social de Afogados da Ingazeira

18 e 19 de maio
9h – Oficina de Crítica Cinematográfica 
Com Heitor Augusto (SP)
Local: Auditório da Secretaria de Assistência Social de Afogados da Ingazeira

Domingo, 20 de maio
19h30 – Masterclass com o professor João Luiz Vieira (UFF-RJ)
Local: Cine S. José (Rua Newton César, s/n – Centro)

Terça, 22 de maio
9h – Mesa 1: O olhar cinematográfico
Alexandre Taquary (produtor)
Claudia Oliveira (cineclubista)
Heitor Augusto (crítico de cinema)

Quarta, 23 de maio
9h – Mesa 2: Cinema manifesto
Carol Vergolino (produtora)
Carol Almeida (crítica de cinema e curadora)

Quinta, 24 de maio
9h – Mesa 3: Documentário como reflexo do seu tempo
Cynthia Falcão (produtora e realizadora)
Marcelo Pedroso (realizador)
Maria Cardozo (realizadora e curadora)

Sábado, 26 de maio
9h – Seminário sobre produção e difusão de cinema do interior
Com Felipe Peres Calheiros (EPC/TVPE)
Local: Auditório da Secretaria Municipal de Educação de Afogados da Ingazeira



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.