• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Televisão BBB18: 'Pode me chamar de Peppa Pig, eu me acho muito gostosa', diz Patrícia sobre críticas Cearense bateu recorde de rejeição e reclama dos ataques ao filho nas redes sociais

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 14/03/2018 12:34 Atualizado em: 14/03/2018 13:17

Patrícia fala sobre sua passagem pelo reality show: "Estou me sentindo leve por ter saído". Foto: TV Globo/Reprodução
Patrícia fala sobre sua passagem pelo reality show: "Estou me sentindo leve por ter saído". Foto: TV Globo/Reprodução

Dona do maior índice de rejeição na história dos paredões triplos do BBB, Patrícia enfrenta as consequências da baixa popularidade nas redes sociais. Na manhã desta quarta-feira (14), ela esteve no programa Mais você e falou sobre como está lidando com os 94,26% de votos que a tiraram do reality show. "Além da questão de combinar votos e alguns comentários que foram mal interpretados, eu tive um embate com a Gleici, uma pessoa muito forte aqui fora", avaliou. 

Patrícia foi indicada para a berlinda na última sexta-feira (9), após a estudante do Acre retornar de um paredão falso e receber a incumbência de colocar um de seus colegas de confinamento no paredão. "Nós estamos confinados com pessoas que a gente não conhece e nossa percepção é limitada ao que acontece lá dentro, então é muito fácil fazer uma leitura de jogo errada", analisou a funcionária pública. 

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

Além disso, ela comentou que vem recebendo ataques nas redes sociais direcionados, inclusive, a seu filho. "Agrediram o meu filho nas redes sociais, isso é o que mais me entristece em relação a tudo isso. Ele é uma criança", disse. "Pode me chamar de Peppa Pig, eu inclusive acho ela uma gracinha, pode falar do meu corpo, eu me acho muito gostosa desse jeito mesmo. Quem quiser falar mal de mim pode falar, não tem problema, só não precisa atacar o meu filho que não tem nada a ver com tudo isso", completou. 

Desde que entrou no jogo, Patrícia se estabeleceu como aliada do paraense Diego e da catarinense Ana Paula, eliminada no terceiro paredão. Além disso, o trio se uniu a Caruso, Wagner, Viegas e Nayara para combinar votos e testar estratégias de jogo. Sobre a maneira com que lidou com isso, Patrícia disse não se arrepender. "Eu jamais iria contra aquilo que eu acredito só porque estou em um jogo. Aqui fora, a gente protege nossa família e lá dentro eu encontrei essa base no Diego e na Ana", afirmou. 

Ana Maria Braga, então, rebateu dizendo que o comportamento protetor da sister pode ter sido o grande pivô de sua eliminação. "Atire a primeira pedra quem nunca cometeu um erro", replicou a ex-participante. "Aconteceu da maneira como aconteceu e eu só peço desculpas. Não queria ter passado a imagem de megera, mas lá dentro a gente fica meio doido mesmo. Mas pra quem está me julgando e acha é fácil: se inscreve e vai lá. Não é tão fácil quanto pode parecer", provocou Patrícia. 

Por fim, a apresentadora questionou Patrícia sobre a relação com Kaysar e a cearense revelou estar apaixonada. "Se vocês estão apaixonados por ele, imagina eu, que conheci ele da melhor maneira possível", revelou. 

Acompanhe o Viver no Facebook: 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.