• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Televisão MasterChef Brasil: Pernambucana vence duelo e conquista avental: 'Tenho a honra de representar o meu estado' Estudante de direito, Tereza Amorim foi elogiada pelos jurados

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 14/03/2018 08:12 Atualizado em: 14/03/2018 12:04

Recifense vai disputar prêmio de R$ 200 mil. Foto: Band/Divulgação
Recifense vai disputar prêmio de R$ 200 mil. Foto: Band/Divulgação

A pernambucana Tereza Amorim conquistou um avental e garantiu a vaga na quinta temporada do MasterChef Brasil, na noite desta terça-feira (14). Ela é uma dos 21 cozinheiros amadores selecionados para a disputa, que começa para valer a partir da próxima semana. Até então, a primeira fase da atração foi reservada aos duelos entre os competidores, responsáveis por eliminar, no episódio de estreia, Roccini Furetti, também do Recife. 

A estudante de direito fez um pato oriental, aprovado pelos jurados. Já Lucas, com quem duelou, preparou um peixe cantonês no vapor com salada de espinafre e molho de pimenta, mas recebeu críticas pela harmonização com o sabor do espinafre e pelo ponto do peixe. "Está um pouquinho desequilibrado. Não é bom entrar aqui, tentar o avental e inventar, se arriscar sem saber o que você está fazendo. Aqui não, em casa sim", reclamou Paola Carosella. 

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

"Os dois trabalham bem, mas eu tenho só um avental", disse Eric Jacquin antes de entregar o avental a Tereza, que correu para comemorar com a família do lado de fora do estúdio. "Tereza, você é danadinha. Foi fácil?", questionou a apresentadora Ana Paula Padrão. "Não, mas tentei me conter e surtiu o efeito", respondeu ela, ao lado da mãe, que disse não ter criado filho "doce, mas para a vida". 

No Instagram, Tereza agradeceu pela oportunidade e se disse honrada com a possibilidade representar o Recife na disputa. "Começou uma nova etapa na minha vida, talvez decisiva, da qual eu já tiro vários ensinamentos, sobretudo o de trabalhar sempre duro e buscar sem medo os meus sonhos. Tenho a honra de representar a minha cidade e o meu Estado nessa competição. Tenho também a honra de estar ao lado de pessoas incríveis em suas essências e particularidades e, no presente caso, o mais importante: de nível de conhecimento gastronômico altíssimo, apesar de amador, contra as quais será árduo traçar um caminho vitorioso. Alea iacta est, que comecem as batalhas!", escreveu.

Dos 21 selecionados, 18 passaram diretamente pela fase dos duelos e outros três se salvaram na repescagem. Um cozinheiro foi eliminado automaticamente por não conseguir fazer o empratamento no tempo determinado. Um dos destaques do programa foi uma mãe que emocionou os demais participantes ao contar a história do filho transexual. O prêmio para o vencedor é de R$ 200 mil, um curso na Le Cordon Blue, em Paris, e um carro 0km. 

Acompanhe o Viver no Facebook: 




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.