• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Televisão Repórter interrompe transmissão ao vivo após mulher chamar Globo de 'lixo' e gritar 'fora, Temer' Jornalista reportava situação da segurança a partir de intervenção federal

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 18/02/2018 16:48 Atualizado em: 18/02/2018 17:10

Repórter abordava segurança do Rio de Janeiro sob intervenção federal. Foto: Reprodução/YouTube
Repórter abordava segurança do Rio de Janeiro sob intervenção federal. Foto: Reprodução/YouTube


Uma transeunte do Rio de Janeiro interrompeu uma transmissão ao vivo da Globo News, chamou a Globo de "lixo" e gritou um "fora, Temer". Ela desconcentrou a repórter Julia Arraes durante um boletim e chegou a ocupar a tela para protestar.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

A jornalista fazia um informativo sobre a situação da segurança pública do estado depois da intervenção federal anunciada por Michel Temer na semana passada quando foi interpelada. Atrapalhada pela mulher, a profissional da emissora solicitou ao estúdio retornar em outro momento.

Os protestos em transmissões ao vivo da Rede Globo se tornaram constantes desde as passeatas de 2013. Carros da emissora chegaram a ser queimados, fachadas das sedes, depredadas e repórteres, hostilizados.

A animosidade contra o canal levou ao envio de jornalistas às ruas sem a canopla com o logotipo de identificação da empresa para evitar novas abordagens. Em uma das investidas mais violentas, o repórter Caco Barcellos teve um cone atirado contra a cabeça e precisou de ajuda para evitar agressões em massa por uma multidão.

Veja o protesto:



Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.