• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Reinauguração Teatro do Bonsucesso, em Olinda, é reaberto após 20 anos Reuniões serão agendadas para definir a programação do espaço

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 30/01/2018 17:20 Atualizado em: 30/01/2018 17:52

Estavam presentes na solenidade o prefeito de Olinda, Professor Lupércio, secretários municipais, vereadores e outras lideranças. Foto: Prefeitura de Olinda/Divulgação
Estavam presentes na solenidade o prefeito de Olinda, Professor Lupércio, secretários municipais, vereadores e outras lideranças. Foto: Prefeitura de Olinda/Divulgação


Foi com um espontâneo recital de poesia com atores olindenses que o Teatro do Bonsucesso, fundado em 1970, foi reaberto nesta terça-feira (30), em Olinda. A atual gestão municipal levou quatro meses para concluir a obra do espaço que estava há 20 anos sem funcionar. Foram investidos cerca de R$ 60 mil, provenientes do Fundo para Preservação do Sítio Histórico. Estavam presentes na cerimônia de inauguração o prefeito de Olinda, Professor Lupércio, secretários municipais, vereadores e outras lideranças, além dos artistas Maria Lídia, Alexandre Marcos e Ido Santos, que se apresentaram no início do evento. 

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

O equipamento, que comporta 132 pessoas sentadas e tem espaço para seis cadeirantes, foi entregue com uma estrutura climatizada, banheiros acessíveis, camarim requalificado e esquema de segurança. Com iniciativa do Estúdio Sarasá e da Secretaria de Patrimônio e Cultura (Sepac), foi grafitado um mural com cal e colorante na parte interna do teatro. Misturando tons alegres, a obra de arte foi feita pelo artista Raoni Assis. "Tivemos que usar pintura em cal porque as paredes do prédio têm peculiaridades que não podem receber a tinta plástica. Fiz um curso desse tipo de pintura e as cores usadas têm nomes relacionados à cultura de Olinda", conta o artista sobre o desenho, que remete à preservação do patrimônio.

De acordo com o secretário de Patrimônio e Cultura, Gilberto Sobral, ainda não foi definida a programação do Bonsucesso. Após o carnaval, serão agendados debates e seminários para definir as pautas do teatro, com a participação de artistas locais. "No dia 26 de fevereiro, vamos convocar toda a classe teatral para construir junto com a gente como serão as atividades", explica Sobral.

Acompanhe o Viver no Facebook: 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.