• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Televisão Sem andar, nordestina Camilla Uckers vai processar médico que colocou prótese de silicone Cearense de 25 anos teve infecção generalizada após procedimentos estéticos

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 15/01/2018 19:01 Atualizado em: 15/01/2018 19:10

Aos 25 anos, youtuber enfrenta dificuldades no processo de recuperação. Fotos: Instagram e SBT/Reprodução
Aos 25 anos, youtuber enfrenta dificuldades no processo de recuperação. Fotos: Instagram e SBT/Reprodução


A youtuber Camilla Uckers, de 25 anos, revelou que pretende processar o médico que realizou as cirurgias plásticas às quais foi submetida no final do ano passado. Na semana passada, a cearense teve complicações no procedimento realizado na região dos glúteos, para inserção de próteses de silicone, e está com a locomoção comprometida - se movendo apenas com cadeira de rodas - após ser diagnosticada com infecção generalizada. 

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

Durante participação no programa Fofocalizando, do SBT, Camilla disse acreditar que os problemas pelos quais está passando são frutos de erro médico. "Tenho tudo aqui como provar. Depois da minha cirurgia eu tinha complicação por causa da lipo e eu precisei ir ao hospital tomar bolsa de sangue. Eu estava sem sangue, anêmica, e eu não tinha anemia antes da cirurgia. Então, para deixar claro que eu entrei na cirurgia de um jeito e saí de outro, completamente diferente: aleijada e com problemas", disse ela, em entrevista via ligação de vídeo. 

Uckers teve o nervo ciático prejudicado pela próteses, que precisaram ser retiradas após a infecção. No Instagram, Camilla compartilhou com os seguidores o que estava sentindo. Ela viajou do Rio de Janeiro para Fortaleza e foi recepcionada por uma ambulância já no aeroporto. "Fui me internar, estava com febre e uma infecção muito grande. Estou com problema de aceitação, não consigo me olhar no espelho. Não sei como, mas tô viva. Está sendo muito difícil para mim", disse. 

De acordo com o Fofocalizando, o médico foi procurado e esclareceu os problemas. "A cirurgia da paciente durou cerca de três horas e ocorreu sem intercorrências, ou seja, problemas. Foi realizada por uma equipe médica muito experiente e que trabalha junta há muito tempo", disse o profissional, identificado como Danilo Dias. 

Assista à entrevista:


Acompanhe o Viver no Facebook: 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.