Carnaval 2018 Academia da Berlinda e Siba confirmados em nova prévia de carnaval Banda Madeira Delay completa a programação do evento

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 21/12/2017 11:43 Atualizado em: 22/12/2017 14:24

Os ingressos começarão a ser vendidos em breve. Fotos: Academia da Berlinda e José Holanda/Divulgação
Os ingressos começarão a ser vendidos em breve. Fotos: Academia da Berlinda e José Holanda/Divulgação

As bandas Academia da Berlinda, Madeira Delay e o artista Siba foram confirmados como atração da E Agora, José?, nova prévia carnavalesca de Olinda. A festa ocorrerá no dia 28 de janeiro, a partir das 16h, no Colégio São Bento, no Sítio Histórico da Cidade Alta. Os ingressos custam R$ 30 (meia), R$ 35 (social + um quilo de alimento) e R$ 60 e começarão a ser vendidos em breve, em locais a serem divulgados pela organização. 

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

Será a primeira vez que Academia da Berlinda e Siba, ambos pernambucanos, se apresentam no mesmo evento desde 2014, com show no Baile Perfumado. A banda formada por Alexandre Urêa, Tiné, Yuri Rabid, Gabriel Melo, Hugo Gila, Irandê Naguê e Tom Rocha deve cantar com repertório que abarca os três discos da carreira, Academia da Berlinda (2007), Olindance (2011) e Nada sem ela (2016). 

Já o multi-instrumentista recifense deve apostar nas faixas do disco mais recente, Baile solto (2015), além de outros trabalhos solo, como Avante (2012) e Violas de bronze (2009). Madeira Delay conta com trio de metais da Orquestra Popular da Bomba do Hemetério e é composta por Rafael cego (vocal), Ricardo Fraga (baterista), Adriel Batista (baixo), Gustavo Chaves (guitarra), Theo Coutinho (cavaquinho), Paulo Ricardo (sax), Alexsandro Cazuza (trambone) e Melquizedek Silva (trompete), que interpretam canções de artistas brasileiros como Nação Zumbi, Mundo Livre S/A e Erasto Vasconcelos. 

Acompanhe o Viver no Facebook: 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.