• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Artes integradas Festival Janeiro de Grandes Espetáculos divulga programação completa Evento acontece de 10 a 28 de janeiro de 2018, ganha novo nome e traz 91 apresentações em teatros e espaços alternativos

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 15/12/2017 11:16 Atualizado em:

'Dorinha, meu amor', com Isadora Melo, é o espetáculo de abertura do evento. Crédito: Renato Filho/Divulgação
'Dorinha, meu amor', com Isadora Melo, é o espetáculo de abertura do evento. Crédito: Renato Filho/Divulgação

Um dos eventos mais longevos do calendário cultural de Pernambuco volta a ocupar teatros e espaços alternativos da cidade entre os dias 10 a 28 de janeiro de 2018. O Janeiro de Grandes Espetáculos chega à sua 24ª edição com 64 espetáculos em teatro, dança e música, atividades paralelas e ganha também um novo nome: Festival Internacional de Artes Cênicas e Música de Pernambuco. Quinze dessas montagens são nacionais e três delas, internacionais. Os ingressos estarão à venda a partir da próxima segunda (18) no site Compre Ingressos. Os homenageados desde ano serão os atores Renato e Vanda Phaelante, com mais de 40 anos de carreira. A programação completa está disponível no site http://janeirodegrandesespetaculos.com/2018/

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

A abertura do evento acontece com Dorinha, meu amor, com Isadora Melo e direção e roteiro de João Falcão. Entre os destaques, está a apresentação de Egberto Gismonti e João do Pife, nos dias 26 de janeiro no Sesc Caruaru e 27 de janeiro no Teatro de Santa Isabel, além de Ayrton Motarroyos e Claudette Soares no dia 12, também no Teatro de Santa Isabel. Este ano, o orçamento foi de R$ 600 mil com incentivo do Funcultura e patrocínios da Prefeitura do Recife e Fundação Joaquim Nabuco. Com ele, o produtor do evento, Paulo de Castro, montou uma grade que respeitou a vocação mostrada pelo evento nos últimos anos, de contemplar peças locais e também espaços alternativos da cidade

A maioria dos espetáculos é pernambucana, com grupos de Recife, Olinda, Paulista e Jaboatão, além de Arcoverde e Petrolina, no Sertão e Vitória, na Zona da Mata. Destes, sete, entre teatro e dança, vão estrear no evento: Pro(FÉ)Ta, do Coletivo Grão Comum/Gota Serena, Espera o outono, Alice, do AMARÉ Grupo de Teatro, O diário das frutas, da Cais Cia. de Dança, formada pelo bailarino Dielson Pessoa, A ceia dos cardeais, da Paulo de Castro Produções, Aluga-se, do Grupo Acaso, Ebulição, de Valéria Vicente e Meia-noite, de Orun Santana.

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.