• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Caetano Veloso marca show com os filhos no Recife Apresentação será realizada em janeiro e está com ingressos à venda

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 06/12/2017 15:20 Atualizado em: 06/12/2017 17:06

Caetano Veloso sobe ao palco ao lado dos três filhos para cantar sobre relações afetivas. Foto: Jorge Bispo/Divulgação
Caetano Veloso sobe ao palco ao lado dos três filhos para cantar sobre relações afetivas. Foto: Jorge Bispo/Divulgação

Recife receberá em janeiro o show da turnê Caetano, Moreno, Zeca e Tom Veloso, na qual o ícone da música popular brasileira sobe ao palco ao lado dos filhos. O anúncio foi realizado pela produtora e esposa do músico, Paula Lavigne, através do Instagram. A apresentação será realizada no dia 9 de janeiro, no Teatro RioMar. Os ingressos para o show custam R$ 140 (balcão), R$ 70 (balcão/meia), R$ 200 (plateia alta), R$ 100 (plateia alta/meia), R$ 260 (plateia baixa) e R$ 130 (plateia baixa/meia), à venda no site Ingresso Rápido. 

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

Inquieto, o eterno tropicalista conta que há muito tempo tinha vontade de fazer música com os filhos publicamente e lembra que, na infância dos três, sempre cantou para eles dormirem: "Moreno e Zeca gostavam. Tom pedia que parasse. Indo por caminhos diferentes, todos se aproximaram da música a partir de um momento da vida. Quis cantar com eles pelo que isso representa de celebração e alegria".

No show - já registrado em DVD, com lançamento previsto para 2018 -, os quatro passeiam, durante uma hora e meia, por um repertório de 28 canções. A maioria, obviamente, é de autoria do patriarca, mas há também contribuição dos filhos, por exemplo: Um canto de afoxé para o bloco do Ilê. Há as sugeridas pelos filhos, outras remetem a momentos marcantes da trajetória artística e da vida de Caetano.

A marchinha tropicalista Alegria, alegria, finalista do Festival da Record de 1967, que apresentou o artista ao Brasil, foi solicitada por Moreno. Já o pouco conhecido tema religioso Ofertório foi composto em 1997, a pedido da irmã Mabel, para a missa comemorativa aos 90 anos de Dona Canô, a saudosa matriarca dos Veloso. No set list da turnê foram incluídas ainda a inédita Todo homem (Zeca Veloso), O seu amor (Gilberto Gil), Deusa do amor (Adailton Poesia e Valter Farias) e Tá escrito (Xande de Pilares, Carlinhos Madureira e Gilson Bernini). Reverente, Caetano destaca: "O show é dedicado às mães dos meus filhos e à memória de minha mãe".

Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.