• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Caetano Veloso anuncia data de show pró-desabrigados censurado pela Justiça Juíza impediu realização de apresentação em acampamento do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MTST)

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 20/11/2017 13:05 Atualizado em: 20/11/2017 12:50

Cantor chegou à ocupação, mas foi impedido de se apresentar. Foto: Nelson Almeida/AFP
Cantor chegou à ocupação, mas foi impedido de se apresentar. Foto: Nelson Almeida/AFP

Depois de ser impedido pela Justiça de se apresentar em um acampamento do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MTST) em São Paulo, Caetano Veloso definiu data para uma nova apresentação em prol dos desabrigados. Ele cantará no evento em comemoração aos 20 anos do movimento, no Largo da Batata, em Pinheiros, Zona Oeste de São Paulo, no dia 10 de dezembro. 

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

O anúncio foi feito pela atriz Sônia Braga em um vídeo publicado nas redes sociais de Caetano. "O show de Caetano Veloso que não teve aqui, em São Bernardo, na ocupação Povo Sem Medo, vai ter sim. Vai ser no dia 10 de dezembro, no Largo da Batata, em São Paulo", disse a estrela de Aquarius, sendo aplaudida por pessoas que estavam presentes na gravação do comunicado. 

Uma juíza impediu a realização da apresentação por "questões de segurança" e argumentou que o espaço tinha liminar de reintegração de posse confirmada em segunda instância. O evento ocorreria em apoio a uma marcha por moradia que se encaminhou até a sede do governo de São Paulo, o Palácio dos Bandeirantes.  "Não sei dizer se foi censura, não sou um técnico. Mas dá a impressão de que não é um ambiente propriamente democrático. Pode ser um modo de reprimir uma ação que seria legítima", afirmou Caetano, ao lamentar o cancelamento. 

Assista ao vídeo:

[VIDEO2]

Acompanhe o Viver no Facebook: 




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.