• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Latino diz que chegou a roubar carros quando morou nos Estados Unidos Em entrevista ao canal do Youtube de Antonia Fontenelle, o cantor ainda afirmou sentir ingratidão por parte de Kelly Key

Por: AE

Publicado em: 14/11/2017 20:51 Atualizado em: 14/11/2017 21:54

O cantor também falou sobre o seu relacionamento com as suas ex-companheiras. Foto: YouTube/Reprodução
O cantor também falou sobre o seu relacionamento com as suas ex-companheiras. Foto: YouTube/Reprodução

O cantor Latino afirmou que se mudou ilegalmente para os Estados Unidos quando era jovem e que lá roubava carros. A revelação foi feita para o canal no YouTube de Antonia Fontenelle em vídeo postado na última segunda (13). "Eu de fato fui para os Estados Unidos e não fui um bom garoto. Eu cheguei a roubar carros. Não para vender e ganhar dinheiro, mas para curtir no final de semana", contou o cantor.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

Latino ainda disse que esse foi o motivo para sua prisão e deportação, por volta dos 18 anos de idade. De volta ao país, ele falou que o pai não aceitava sua carreira de cantor e que, por isso, brigaram e Latino saiu de casa. Foi quando virou engraxate nas ruas do Rio de Janeiro. "Eu cheirava cola de sapato para inibir a minha fome", revelou.

Durante o vídeo, o cantor também falou sobre o relacionamento com as suas ex-parceiras e mães de seus oito filhos. No caso de Kelly Key, disse que sente ingratidão por parte da cantora. "Todo mundo sabe da influência que tive na carreira dela no início. Gostava muito da Kelly, talvez uma das mulheres que mais amei na minha vida inteira", falou ao explicar que fez tudo o que estava a seu alcance pelo sucesso da ex-companheira.

"Me senti muito traído por não ter tido, já que financeiramente eu não tive, que tivesse ao menos uma gratidão, que em algum momento fosse para a TV e falasse: 'Latino me ajudou, esteve presente naquele momento'", contou.

Assista ao vídeo:


Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.