• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Investigação Polícia indicia massoterapeuta por vazar fotos de Arlindo Cruz no hospital Delegada indentificou suspeito de fazer imagens através de câmera de segurança

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 11/10/2017 15:54 Atualizado em: 11/10/2017 18:00

Músico segue internado após sofrer AVC hemorrágico. Foto: Facebook/Reprodução
Músico segue internado após sofrer AVC hemorrágico. Foto: Facebook/Reprodução

A Polícia Civil do Rio de Janeiro identificou o suspeito de vazar a foto do músico Arlindo Cruz divulgada na internet nos últimos dias. A delegada titular da 6ª DP, localizada em Cidade Nova, Maria Aparecida Mallet, anunciou que o massoterapeuta Ivan de Albuquerque, contratado pela família para realizar um tratamento alternativo no sambista, é suspeito pela autoria da imagem e será indiciado pelo vazamento. A polícia se baseia nos registros das câmeras de segurança do hospital e de depoimento do motorista da família.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

Segundo a delegada, o massoteraupeuta vai ser indiciado pelo crime de "difamar alguém ao atribuir fato ofensivo à sua reputação", previsto no artigo 139 do código penal, com possibilidade de pena de seis meses a um ano de prisão. Ivan de Albuquerque vai responder ao inquérito em liberdade porque não houve flagrante da infração.

Ainda segundo a Polícia Civil, a identificação foi possível graças a uma câmera de segurança instalada dentro do quarto do artista. O relato do motorista da família do cantor, que flagrou o momento em que o massoterapeuta teria feito o registro, também contribuiu na investigação. Arlindo Cruz está internado na Casa de Saúde São José, no bairro do Humaitá, no Rio de Janeiro, desde o dia 17 de março, quando foi acometido por um AVC hemorrágico.

Nesta quarta-feira (11), a Casa de Saúde São José comunicou que redobrou os cuidados com segurança após o vazamento da foto. "Seguimos uma política rigorosa para garantir a privacidade de todos os pacientes. O hospital lamenta o ocorrido e informa que está colaborando com as investigações das autoridades competentes e que também está apurando o caso internamente", diz a unidade de saúde, em nota. Em outro comunicado, enviado na tarde desta quarta, a unidade de sáude confirma o envio das imagens para a Polícia Civil e a identificação de um "visitante autorizado pela família" como o autor da imagem. 

Confira a nota na íntegra:
"A Casa de Saúde São José informa que já encaminhou à Polícia Civil as imagens a serem anexadas ao processo de investigação do vazamento da foto do cantor Arlindo Cruz, internado há sete meses na unidade. Na gravação, captada por uma câmera que fica em frente ao leito do paciente, foi possível identificar um visitante autorizado pela família como o autor da imagem. A Casa de Saúde São José reitera que mantém um rigoroso padrão de privacidade e segurança dos pacientes e que visitantes só têm acesso às unidades de internação mediante autorização de familiares e acompanhantes."


Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.