• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Literatura Empoderamento plus size será tema de bate papo na Bienal de Pernambuco A conversa contará com a presença das autoras do livro Princesas GPower, uma coletânea de releituras dos contos de fadas com princesas gordas

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 05/10/2017 18:08 Atualizado em: 05/10/2017 18:27

Larissa Siriani, Janaina Rico, Mila Wander e Thati Machado estarão na Bienal Pernambuco. Foto: Facebook/Reprodução
Larissa Siriani, Janaina Rico, Mila Wander e Thati Machado estarão na Bienal Pernambuco. Foto: Facebook/Reprodução

Oficinas, palestras e apresentações culturais vão compor a programação da 11ª Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, que será realizada de 6 a 15 de outubro, no Pavilhão do Centro de Convenções, em Olinda. No dia 12, às 20h, o evento do evento sediará um bate papo em torno do empoderamento plus size com as escritoras Larissa Siriani, Janaina Rico, Mila Wander e Thati Machado. Elas são autoras do livro Princesas GPower, uma coletânea de releituras dos contos de fadas que histórias de princesas como Cinderela, Bela Adormecida e Pequena Sereia em versões plus size, sob uma ótica "menos frágil" e mais próxima da realidade das crianças.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

Antes do bate papo, elas também farão uma seção de autógrafos estande Eu Leio Brasil, às 17h. As autoras já tinham, juntas, uma página no Facebook sobre auto estima empoderamento de mulheres chamada GPower. A ideia para a obra literária nasceu após a Bienal de São Paulo, em 2016, sendo publicada no ano seguinte, após a afirmativa da Editora Qualis. "A nossa ideia era focar em princesas que parecessem mais com a gente. Elas sempre foram magras, frágeis e sempre precisaram da ajuda dos príncipes", explica Larissa Siriani. Com o livro e o bate papo, ela espera poder mostrar "para as meninas que elas podem ser como quiserem, que é possível ser princesa e gorda, negra ou ter cabelo cacheado".

Na obra, Larissa foi responsável por escrever o conto da Bela Adormecida. Na sua versão, a princesa é uma youtuber, mas sofre bullying virtual por causa de seu peso. "A maneira que ela lida é não ler as mensagens, para não deixar que as pessoas coloquem ela para baixo. Ela vive como se esses comentários não existissem", diz. Siriani acredita que a obra pode impactar as crianças de forma positiva, principalmente as meninas, que são "constantemente vigiadas por padrões estéticos". "Ter essa mensagem mais cedo pode fazer elas serem adolescentes e mulheres mais seguras. São como efeitos em cadeia", pontua. As escritoras também estarão no estande Eu Leio Brasil (ou 41A) entre os dias 6 e 12.

SERVIÇO
Bate papo sobre empoderamento plus size na Bienal Pernambuco, com as autoras do livro Princesas GPower
Onde: Pavilhão do Centro de Convenções (Av. Prof. Andrade Bezerra, Salgadinho, Olinda)
Quando: 12 de outubro, às 17h (autógrafos) e 20h (bate papo)
Quanto: Gratuito

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.