• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Artes cênicas Mostra Outubro ou Nada chega à 2ª edição com programação no Recife e Olinda Evento terá 30 trabalhos cênicos e será realizado entre os dias 5 e 14 de outubro

Por: Isabelle Barros

Publicado em: 04/10/2017 10:12 Atualizado em: 04/10/2017 14:59

Ator, escritor e dramaturgo Cleyton Cabral estreia o monólogo Solo de Guerra no dia 14 de outubro, às 20h, no Espaço O Poste. Foto: Ricardo Maciel/Divulgação
Ator, escritor e dramaturgo Cleyton Cabral estreia o monólogo Solo de Guerra no dia 14 de outubro, às 20h, no Espaço O Poste. Foto: Ricardo Maciel/Divulgação

Uma iniciativa para escoar a produção alternativa da cidade gerida e financiada coletivamente pelos próprios artistas cênicos. Esta é a essência do Outubro ou Nada - Mostra de Teatro Alternativo do Recife, que chega à sua segunda edição com 30 apresentações distribuídas em dez dias, até o próximo dia 14. No total, nove espaços participam da ação. O ciclo de espetáculos começa nesta quinta, apostando em espaços localizados no Recife e em Olinda. O homenageado desta edição é Henrique Celibi, morto em maio passado, com a exibição do documentário Henrique, o que faz Celibi, de Luís Bringel, Sandri Rodrigues e Brunna Martins, às 22h30 do dia 5 no Solar da Marquesa, em Olinda.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

As novidades com relação ao ano passado têm relação com a inclusão de três espaços culturais de Olinda na programação, além de uma mostra pedagógica com três trabalhos. Além disso, três estreias estão previstas: o monólogo Solo de Guerra com Cleyton Cabral, Descomeço, do Coletivo Ocaso e As lebres são maiores que os ursos, do Coletivo Despudorado. Para arrematar, a performance Territoré, do Grupo Totem, foi criada especialmente para o evento e deve ser encenada pela primeira vez às 10h do sábado (7), no Parque 13 de Maio. O valor dos ingressos varia da entrada franca até R$ 40 (inteira).

De acordo com o coordenador da mostra, Marconi Bispo, o Outubro ou Nada é um indicador da força oriunda da união entre os grupos teatrais independentes. “Acho que a mostra se harmoniza com o momento político muito grave que estamos vivendo. Ao mesmo tempo, não existe um consenso do que seja o teatro alternativo. Discutimos na prática, fazendo, mas é preciso fazer um exercício para se compreender. Também não temos uma curadoria centralizada. Aceitamos quem queira se apresentar, e isso vai na contramão de outros eventos. A forma de pensar esse festival é uma autocuradoria”.

Entre as presenças no Outubro ou nada, estão desde grupos que despontam agora no cenário teatral da cidade até espetáculos que já fizeram várias temporadas. Entre estes últimos, se destacam a peça Alguém pra fugir comigo, do Coletivo Resta 1 de Teatro, que ganhou cinco prêmios Apacepe no último Janeiro de Grandes Espetáculos, e a produção de teatro de objetos O mascate, a pé-rapada e os forasteiros, de Diógenes D. Lima.

Marconi também aponta a importância de incluir Olinda na programação e de manter a aposta em locais longe do centro do Recife, como a Escola Pernambucana de Circo, no bairro da Macaxeira, e o Galpão CITTA, na Várzea. “Olinda, por exemplo, é cheia de espaços culturais fechados há anos e que tinha, nos anos 70 e 80, um grande movimento teatral. É um lugar tão perto, mas ainda assim alternativo, de certa forma”, reforça. A relação completa dos espetáculos participantes e os valores de cada um deles estão no www.facebook.com/mostraoutubroounada.

SERVIÇO
2° Outubro ou Nada - Mostra de Teatro Alternativo do Recife
De 5 a 14 de outubro de 2017
Ingressos: De entrada franca até R$ 40 (inteira)
Informações: www.facebook.com/mostraoutubroounada


PROGRAMAÇÃO COMPLETA


Dia 5 – ABERTURA RECIFE (19h)
19h - Haverá um maldito aqui dentro | Coletivo Loucura Roubada, no Espaço O Poste

Dia 5 – ABERTURA OLINDA: Solar da Marquesa
21h – Performance A chegada de Godot | Coletivo Caverna
21h30 – Risoflora – A história de uma Drag Queen | Emanuel David D’ Lúcard (será cobrado ingresso para ter acesso a este espetáculo)
22h30 – Exibição do documentário Henrique, o que faz Celibi | Luis Bringel, Brunna Martins e Sandri Rodrigues
23h – Festa de lançamento da 2a Mostra Outubro ou Nada

Dia 6 (sexta)
19h – Descomeço | Coletivo Ocaso, no Com Domínio.Art (Estreia)
19h – Hamlet Fragmentado | Trupe Artemanha, no Galpão Citta
20h – Morreu! Antes ela do que eu | Álcio Lins, no Espaço O Poste (Terá intérprete de Libras)
19h – Senhora de Engenho – Entre a Cruz e a Torá | Cia. Popular de Teatro de Camaragibe, no Solar da Marquesa

Dia 7 (sábado)

10h – Territoré | Totem, no Parque 13 de Maio
18h – Alguém para fugir comigo | Resta 1 Coletivo de Teatro, na Casa Azul
18h – As Violetas de Aurora | Violetas da Aurora, no Com Domínio.Art
18h – (In)Cômodos | Coletivo 4 no Ato, no Espaço Fiandeiros
19h – Hamlet Fragmentado | Trupe Artemanha, no Galpão Citta
20h – A podridão que há em mim | Grupo São Gens de Teatro, no Espaço Cênicas
20h – Assombros | Vivaz Cia. De Artes, no Solar da Marquesa

Dia 8 (domingo)

16h – Domingo Alegre no Circo | Escola Pernambucana de Circo, na Escola Pernambucana de Circo
17h – Electra no Circo | Violetas da Aurora, na Casa Azul
17h – As lebres são maiores que os ursos | Coletivo Despudorado, no Espaço Fiandeiros (Estreia)
18h – A Partida | Claudia Soares, no Espaço O Poste
18h – Café | Cia. de Teatro Pós-Contemporânea d’Improvizzo Gang (DIG), no Espaço Cênicas
19h – Viva La vida | Multus coletivo, no Espaço São Salomão

Dia 9 (segunda)
Mostra pedagógica // 20h - O casamento do pequeno burguês | Escola de Teatro Fiandeiros, no Espaço Fiandeiros

Dia 10 (terça)
Mostra pedagógica // 19h - Seres | O Poste Soluções Luminosas, no Espaço O Poste

Dia 11 (quarta)
Mostra pedagógica // 20h - Pequenos Grandes Trabalhos | Cênicas Cia. de Repertório, no Espaço Cênicas

19h – Caravana de Palhaços | Caravana de Palhaços, no Com Domínio.Art (Estreia)
20h – O Mascate, a Pé Rapada e os Forasteiros | AGM Produções, no Solar da Marquesa
20h – Flúvio e o Mar | Vivaz Cia. De Artes, no Espaço O Poste (Leitura Dramatizada)

Dia 12 (quinta)
20h – Triz | Nínive Caldas, Lili Rocha e Eric Valença, no Espaço O Poste (Experimento Cênico)

Dia 13 (sexta)
19h – Hamlet Fragmentado | Trupe Artemanha, no Galpão Citta
20h – Assombros | Vivaz Cia. De Artes, no Solar da Marquesa

Dia 14 (sábado)
19h – Hamlet Fragmentado | Trupe Artemanha, no Galpão Citta
20h – Solo de Guerra | Cleyton Cabral, no Espaço O Poste (Estreia)
20h – O velho diário da insônia | Grupo Independente de Teatro Alternativo (GITA), no Solar da Marquesa
20h – Que muito amou | Cênicas Cia. de Repertório, no Espaço Cênicas
21h – O que acontece | Eric Valença e Tati Azevedo, no Com Domínio.Art (Experimento Cênico)
22h - Festa de encerramento, no Com Domínio.Art

Endereços
Casa Azul – Rua 13 de maio, 121, Carmo, Olinda
Com Domínio.Art – Rua do Sol, 82, Carmo, Olinda
Solar da Marquesa – Rua Joaquim Nabuco, 5, Varadouro, Olinda
Espaço  O  Poste – Rua da Aurora, 529, Boa Vista
Galpão CITTA/Centro de Investigação Teatral Trupe Artemanha – Rua João Francisco Lisboa, 37, Várzea, Recife-PE
Espaço  Fiandeiros  – Rua da Matriz, 46, Boa Vista
Pátio Criativo – Rua das Águas Verdes, Casarão 52, Pátio de São Pedro – Santo Antônio
Espaço  Cênicas –- Av. Marquês de Olinda, 199, Bairro do Recife (Entrada pela rua Vigário Tenório)
Centro de Capoeira São Salomão – Rua Dr. Corrêa da Silva, 267 - Várzea, Recife - PE
Escola Pernambucana de Circo (EPC)  –  Avenida José Américo de Almeida, 5, Macaxeira

Ingressos:
De entrada franca até R$ 40 (inteira)



Acompanhe o Viver no Facebook:






Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.