• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Morre Sérgio Sá, compositor de músicas gravadas por Tim Maia e Fábio Jr Artista foi vítima de um infarto, aos 64 anos

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 03/10/2017 16:05 Atualizado em: 03/10/2017 16:56

Em comunicado, filho de Sérgio descreve os últimos momentos ao lado do pai. Foto: Facebook/Reprodução
Em comunicado, filho de Sérgio descreve os últimos momentos ao lado do pai. Foto: Facebook/Reprodução

Morreu, na madrugada desta terça-feira (3), em Fortaleza, o compositor Sérgio Sá, aos 64 anos. O anúncio foi feito por Thiago Pinheiro, filho do artista, pelo Facebook: "É com imensa tristeza que comunico o falecimento de meu pai Sérgio Sá durante esta madrugada", declara Thiago. O compositor foi vítima de um infarto e não resistiu. Thiago ainda relembrou os momentos de Sérgio em vida.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

"Há algumas semanas ele veio me visitar, conhecer o estúdio que nunca havia visitado, passamos um dia inteiro agradável, conversas suaves sobre música, ouvimos o disco que acabara de finalizar, nos abraçamos, demos risada, agradecemos pela trajetória, falamos da admiração mútua, foi um dia de paz, momento muito importante para os dois e eu jamais imaginaria que seria o último encontro", declarou. "Mal sabia que seriam meus momentos derradeiros na presença física do meu querido pai, pessoa que sempre amei e que conheci através dos discos, das composições brilhantes e do carinho em menos encontros do que eu gostaria de ter tido", continuou o filho do artista.

Com 48 anos de carreira, Sérgio Sá era compositor de canções icônicas da música popular brasileira, como Eu me rendo, cantada por Fabio Jr, O vento e as canções, por Tim Maia, e Pensando em minha amada, de Chitãozinho e Xororó. No início deste ano, Sérgio Sá lançou o disco Sérgio S/A, com participação especial de Gilberto Gil e Elba Ramalho.

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.