• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Televisão Amigos fazem vídeo em homenagem a apresentador do SBT assassinado Lu Brasil foi lembrado pela alegria que transmitia no ar. Investigações seguem na Polícia Civil

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 28/09/2017 14:59 Atualizado em: 28/09/2017 21:27

Depoimentos são alternados com imagens do apresentador. Foto: TV Vale do Xingu/Reprodução
Depoimentos são alternados com imagens do apresentador. Foto: TV Vale do Xingu/Reprodução

Amigos e colegas de trabalho do apresentador Luciano Batista dos Santos, mais conhecido como Lu Brasil, prestaram homenagens ao jornalista em vídeo publicado pela TV Vale do Xingu, emissora afiliada ao SBT no Pará. Nome à frente do programa de entretenimento Vale music, Luciano foi encontrado morto, com sinais de agressão, nesta terça-feira (26), em sua residência, em Altamira.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

Funcionário da emissora desde 2014, quando ingressou para a realização da cobertura da Copa do Mundo, Lu Brasil foi lembrado por colegas de redação como uma pessoa espontânea, alegre e comprometida. No vídeo, o jornalista Lucas Pontes, que dividia a apresentação do Vale music, de segunda a sexta, com Luciano, disse estar "em estado de choque com a notícia". "Eu acredito que a região inteira esteja de luto. Todos foram pegos de surpresa com essa notícia trágica. Um cara que teve a vida ceifada de uma forma trágica, terrível", lamentou. "O que restam são as lembranças e as saudades. Vou lembrar dos momentos bons que a gente conviveu, das brincadeiras e da alegria. E eu tenho certeza que todo mundo vai sentir muita falta", continuou o jornalista, na homenagem.

"Ele era muito carismático. Com esse jeito alegre na TV, as pessoas gostavam muito dele, sempre paravam na rua, querendo tirar foto, participar do programa. É isso que a gente tem hoje, essa imagem feliz e alegre", comentou outro repórter da emissora. "Vai ficar só um vazio, as boas lembranças. A gente só quer que a justiça seja feita e que isso não fique impune", cobrou uma colega de profissão, em trecho do vídeo.

Segundo a Vale do Xingu, Luciano foi visto pela última vez no último domingo (24), quando foi à igreja. Após a ausência no trabalho nos dias seguintes, colegas decidiram ir até a casa dele, depararam-se com a residência trancada e chamaram a polícia. O corpo do jornalista foi encontrado já em avançado estado de decomposição, com uma rede enrolada no pescoço e sinais de agressão. A Polícia Civil trabalha com a suspeita de que o apresentador tenha sido assassinado, ao menos, 48 horas antes de ser encontrado. Segundo os peritos, foram encontrados indícios de luta corporal. As autoridades estão utilizando as câmeras de segurança dos arredores para ajudar a identificar o suspeito do crime.

Assista ao vídeo:



Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.