• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Artes gráficas Suplemento Pernambuco expõe 30 capas emblemáticas da publicação no Mamam Publicação, voltada para a interseção entre a literatura e a atualidade, comemora dez anos de reformulação com a mostra

Por: Isabelle Barros

Publicado em: 30/08/2017 15:02 Atualizado em: 30/08/2017 15:59

Capa de fevereiro de 2017 do Suplemento Pernambuco. Crédito: Suplemento Pernambuco/Reprodução
Capa de fevereiro de 2017 do Suplemento Pernambuco. Crédito: Suplemento Pernambuco/Reprodução

O Suplemento Pernambuco, publicado pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) se consolidou, nos últimos dez anos, como um espaço privilegiado para a literatura e a crítica literária. Para comemorar esta década de existência, a publicação, de periodicidade mensal, decidiu mostrar como a linguagem visual pode potencializar o conteúdo de cada edição. A exposição Uma capa é uma capa é uma capa é uma capa: 30 capas do Suplemento Pernambuco entra em cartaz do Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (Mamam) a partir desta quarta-feira.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

As capas exibidas no espaço expositivo congregam o trabalho de Fábio Seixo (foto), Hallina Beltrão (ilustração), Hélia Scheppa (foto), Jaíne Cintra (foto) Janio Santos (ilustração), Jéssica Mangaba (foto), Karina Freitas (ilustração) e Pedro Vasconcelos (foto). “O jornal tem uma preocupação muito grande em tratar do presente. Selecionamos capas dos últimos seis anos e quem as vê percebe como o Brasil esteve nos últimos cinco anos. Procuramos fazer uma sequência boa dos recursos que usamos: colagem, ilustração e fotografia. São capas políticas, no sentido de procurar um olhar diferenciado para as pautas”, detalha o editor da publicação, Schneider Carpeggiani. O fato de a exposição ser no Mamam também é uma homenagem ao legado de Aloisio Magalhães, pernambucano e um dos um dos pais do design gráfico e que completaria 90 anos se estivesse vivo.
Capa de agosto de 2016 do Suplemento Pernambuco. Crédito: Cepe/Divulgação
Capa de agosto de 2016 do Suplemento Pernambuco. Crédito: Cepe/Divulgação


A editora de arte e multimídia do Diario de Pernambuco, Jaíne Cintra, fez parte da equipe que reformulou o Suplemento Pernambuco em 2007 e foi editora de arte até 2009. “O grande trunfo do Suplemento foi o casamento entre texto e linguagem gráfica desde o começo de cada pauta. Por isso ele é tão inventivo. O projeto editorial do Suplemento Pernambuco também influenciou outras publicações”. 

JOANA GATIS
A multiartista Joana Gatis vai exibir suas pinturas e performances em sua primeira exposição individual, chamada Las Gitanas Savages, que vai acontecer no WoW Vegan Club (Rua do Sossego, 179, Boa Vista) a partir desta quarta. A artista vai exibir seu média-metragem Soledad e deixar pinturas na parede do espaço. A ocasião também marca os seis anos da Nuvem Produções e lança mais um vídeo de uma série de sete obras que divulgam os artistas pernambucanos e seus trabalhos, tendo como protagonista a própria Joana. A entrada é gratuita. Informações: 98175-7208.

SERVIÇO
Exposição Uma capa é uma capa é uma capa é uma capa: 30 capas do Suplemento Pernambuco
Onde: Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam) - Rua da Aurora, 265, Boa Vista
Abertura: 30 de agosto (quarta), às 19h
Visitação: Terça a sexta, das 12h às 18h; Sábados e domingos: das 13h às 17h, até 19 de novembro
Entrada gratuita
Informações: 3355-6871

[FOTO3]

Acompanhe o Viver no Facebook:





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.