• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Cinema 'Netflix brasileiro' oferece filmes nacionais de graça Uma das opções da plataforma é ordenar as atrações por década de lançamento

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 11/08/2017 10:01 Atualizado em: 11/08/2017 18:15

O Snapcine é serviço gratuito de vídeo sob demanda com um catálogo focado em filmes e séries brasileiras. Foto: Snapcine/Reprodução
O Snapcine é serviço gratuito de vídeo sob demanda com um catálogo focado em filmes e séries brasileiras. Foto: Snapcine/Reprodução
Com mais de 104 milhões de assinantes em 190 países, a Netflix tem incomodado setores do entretenimento audiovisual pela forte concorrência. Recentemente, até a Agência Nacional do Cinema (Ancine) defendeu a regulamentação da distribuição de vídeos on demand (VoD). Em uma tentativa de ampliar a distribuição de conteúdo nacional pelo país, o diretor da produtora cearense Casa dos Bits, Philipe Ribeiro, iniciou o Snapcine, um serviço gratuito de vídeo sob demanda que possui um catálogo focado em filmes e séries brasileiras.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

A plataforma entrou no ar em junho deste ano, no endereço www.snapcine.com. "O serviço é pioneiro no Brasil ao oferecer um vasto acervo de filmes e séries gratuitamente, além de um catálogo de lançamentos a preços populares", diz o texto explicativo do site. Os usuários também podem assistir a todo o conteúdo online em smartphones, tablets, PCs, smarTVs e TVs com dispositivos Chromecast. A plataforma disponibiliza conteúdos audiovisuais de todas as durações, com diversas estéticas e temas.

O Snapcine, diferentemente de outras plataformas, contém uma área chamada "cronologia", com obras separadas pelas décadas de 1910, 1920, 1930, 1940 e 2000, além de 2010. Também existe um setor que separa os filmes por estados. Pernambuco possui três obras disponíveis: A filha do advogado, Aitaré da praia e Veneza americana. Para assistir aos filmes, basta apenas criar uma conta. Além da iniciativa, que tem como objetivo dar visibilidade a produções regionais de menor orçamento, as grandes corporações do entretenimento também já estão se adaptando ao streaming. Globo Play, HBO Go, Sky On Demand, Net Now. Nesta semana, a Disney também anunciou que irá iniciar sua própria plataforma em 2018.

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.