• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
TV Jorge Fernando faz Ana Maria chorar ao falar sobre recuperação de AVC Diretor da Globo dá a primeira entrevista no Mais Você após doença cardíaca

Por: Estado de Minas

Publicado em: 26/07/2017 12:29 Atualizado em: 26/07/2017 19:12

Jorge afirmou que teve medo de morrer, mas nunca perdeu a esperança. Foto: Globo/Reprodução
Jorge afirmou que teve medo de morrer, mas nunca perdeu a esperança. Foto: Globo/Reprodução


A emoção tomou conta do Mais você, na manhã desta quarta-feira, (26). Ana Maria Braga chorou ao receber a visita do ator e diretor Jorge Fernando em sua primeira aparição na TV após se recuperar de um acidente vascular cerebral (AVC), no início do ano. 

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

"Tive um AVC e a carga de amor que veio para cima de mim me acalmou muito", disse ele. "Saber que tinha todo mundo: médicos, enfermeiros, minha mãe...". Durante o bate-papo com a apresentadora, Jorge afirmou que teve medo de morrer, mas nunca perdeu a experança. "A vida é muito breve para a gente sofrer". 

No íncio de fevereiro de 2017, o ator e diretor foi internado após sofrer o AVC. Apesar do susto, poucos dias depois ele já estava em casa e passou um período em recuperação. O acidente teria comprometido o lado esquerdo do corpo, com sequelas que envolvem o sistema motor e a fala. 

Durante o período em que esteve submetido ao tratamento, raras foram as vezes em que foi visto fora de casa: ele saia apenas para se consultar com os médicos. Na residência, era assistido por dois enfermeiros, que se revezavam, e um cozinheiro, que preparava uma dieta específica. 

A última aparição pública foi durante a estreia do espetáculo Vamp, o musical, no Rio de Janeiro, em março. Ao final da apresentação, ele subiu ao palco e falou algumas palavras para o público e para o elenco. 

Acompanhe o Viver no Facebook:





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.