• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Teatro Los Hermanos ganhará musical em homenagem aos 20 anos da banda O espetáculo, escrito pelo pernambucano João Falcão, entrará em cartaz no Recife

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 17/07/2017 18:00 Atualizado em:

Sucessos do grupo carioca farão parte da montagem. Foto: Facebook/Reprodução
Sucessos do grupo carioca farão parte da montagem. Foto: Facebook/Reprodução

A banda Los Hermanos ganhará um musical. A produção do espetáculo sobre o quarteto fluminense foi anunciada como forma de celebração das duas décadas de formação do grupo. Intitulado de forma provisória como Pormenores - Los Hermanos, o musical, o projeto tem direção do pernambucano João Falcão e conseguiu a autorização da Lei Rouanet para captar R$ 8,3 milhões.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

Conforme descrito em documento entregue ao Ministério da Cultura, serão encenadas esquetes com base em canções como Todo o carnaval tem seu fim e Cara estranho, acompanhadas da apresentação de uma banda. O espetáculo deve estrear no Rio de Janeiro e permanecer na cidade por dois meses, com quatro apresentações por semana.

Após a estadia na capital carioca, o musical deve ir para Recife, Brasília, São Paulo, Belém, Salvador, Porto Alegre, Fortaleza e Curitiba. Alexandre Kassin, que já trabalhou com o grupo, será o responsável pela direção musical e arranjos. O roteirista de O auto da compadecida, João Falcão, fica por conta da direção artística da montagem e do texto.

Trajetória
O grupo foi criado em 1997 por Marcelo Camelo (vocal e guitarra) e Rodrigo Barba (bateria e percussão), que eram estudantes da PUC/RJ. Posteriormente, Rodrigo Amarante (vocal, baixo, percussão e guitarra) e Bruno Medina (teclado) também passaram a fazer parte banda de rock. O baixista Patrick Lapan foi integrante da banda até 2001.

Os Los Hermanos, conhecidos por fazerem um rock alternativo com letras sobre amor, lançaram o disco homônimo – primeiro da carreira – em 1999, quando estouraram nas rádios devido ao sucesso da música Anna Julia, pela qual são lembrados até hoje. Depois, foram produzidos os álbuns Bloco do eu sozinho (2001), Ventura (2003) e 4 (2005). Morena, Último romance, Sentimental e O vento são algumas das canções que deram reconhecimento ao grupo.

Acompanhe o Viver no Facebook:





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.