• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Pernambucana Aninha Martins pede ajuda para primeiro disco A cantora lançou uma campanha de crowdfunding para finalizar as produções do álbum Esquartejada

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 14/07/2017 22:20 Atualizado em: 15/07/2017 00:54

Aninha Martins já possui dez anos de carreira. Foto: Beto Eiras/Divulgação
Aninha Martins já possui dez anos de carreira. Foto: Beto Eiras/Divulgação


A cantora pernambucana Aninha Martins lançou uma campanha de crowdfunding para finalizar as produções de seu primeiro disco, que será lançado em setembro deste ano. Com o título Esquartejada, o trabalho é fruto do show homônimo, que já passou por eventos como RecBeat, Abril Pro Rock, Festival de Inverno de Garanhuns e Macuca. O repertório é permeado por referências do rock, metal e MPB.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

A campanha tem o objetivo de contemplar gravação, mixagem, masterização e prensagem de mil cópias do primeiro álbum da cantora. O show Esquartejada foi realizado pela primeira vez em 2013, no festival A Noite do Desbunde Elétrico, apresentando um espetáculo que explora, além da voz, a linguagem corporal e a performance da artista. O desempenho teatral de Aninha é comprovado em seus trabalhos como atriz no musical Caxuxa, de João Falcão, pelo grupo Duas Companhias e Qual o Nome do Suco? do Núcleo Criativo Casa Torta.

Em 2017, a cantora completou dez anos de carreira artística. Começou como aluna de canto popular e música brasileira no Conservatório Pernambucano de Música e já fez parte de diversos grupos, como Sabiá Sensível e D'Mingus. Em 2016, ela foi convidada a participar de um show da cantora Céu, em São Paulo. Sua atual banda é formada por Rodrigo Padrão (guitarra), Victor Giovanni (baixo), Aline Borba (flauta), Hugo Coutinho (teclado) e Iezu Kaeru (bateria).

Clique aqui para acessar a página do crowdfunding.

Confira o vídeo da campanha:



Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.