• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Artes visuais Aquarelas e pinturas com técnica oriental compõem exposição de Fernando Duarte Mostra exibe um pouco da produtividade do artista, que desenha todos os dias e apresenta 70 obras na Galeria Della Fontana

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 13/07/2017 09:20 Atualizado em: 13/07/2017 11:59

O artista visual Fernando Duarte apresenta várias séries de aquarelas e sumiês na Galeria Della Fontana. Crédito: Julia Arruda/Divulgação
O artista visual Fernando Duarte apresenta várias séries de aquarelas e sumiês na Galeria Della Fontana. Crédito: Julia Arruda/Divulgação

O artista visual Fernando Duarte voltou a se dedicar totalmente ao seu ofício, após passagem por cargos públicos, e suas experimentações deram origem à sua mais nova exposição, cuja abertura acontece às 19h de hoje na Galeria Della Fontana, em Boa Viagem. Suas preocupações artísticas se voltam para a habilidade com tintas, seja em formato de aquarelas ou de sumiês - técnica de pintura milenar chinesa popularizada pelos japoneses. Além disso, trabalhos em tecido e cerâmica também estão no radar da mostra, que apresenta 70 peças até agosto.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

O numero de itens em exposição é um dos indicadores da produtividade de Fernando, que diz ter juntado 700 cadernos de desenho com anotações diversas e esboços desde 1998. “Desenho todos os dias. Eu faço esse diário gráfico e, baseado nisso, faço meus desenhos e pinturas. Só este ano já fiz 16 cadernos de 300 páginas e estou terminando o 17°".

Sua produção também sofre a influência do interesse de Fernando pelo caráter filosófico do zen-budismo e suas reflexões sobre o tempo e a impermanência. “Os sumiês são pinturas muito rápidas, tem uma certa origem zen, são quase como movimentos de artes marciais. Este é um mundo desconhecido pelo Ocidente e uma das minhas séries, Sol, tem essa origem”, detalha. Apenas relacionada a essa parte de seu trabalho, estão 41 quadros prontos, mas apenas 16 serão expostos.

O controle detalhado ao que populações inteiras são submetidas na contemporaneidade foi inspiração para outra série, denominada Drones. A interação entre homem e tecnologia é objeto de sua atenção há anos, e este trabalho específico traz uma visão crítica sobre o tema. “As máquinas nunca vão pensar feito pessoas, mas os homens querem pensar feito máquinas. Os celulares, hoje, parecem tamagochis, que requerem cuidado”.  Em Ver o grande quadro, por sua vez, as ideias do filósofo Baruch Espinosa (1632-1677) levaram Fernando a pintar olhos grandes com capacidade de olhar e ver mais do que nós podemos. Em outra série, Minha gente, figuras humanas olham de soslaio para o espectador como se tivessem sido surpreendidas.

SERVIÇO
Exposição de Fernando Duarte
Abertura: Hoje, às 19h
Onde: Galeria Via Della Fontana, Av. Conselheiro Aguiar, 1552, lojas 1 e 2,  Boa Viagem
Visitação: De amanhã a 13 de agosto, das 13h às 19h
Entrada gratuita

Acompanhe o Viver no Facebook:

[VIDEO2]



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.