• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Internet Nordestino Whindersson Nunes é o primeiro brasileiro com 20 milhões de seguidores no YouTube Piauiense é dono do canal mais seguido do Brasil, na frente das produtoras Kondzilla e Porta dos Fundos

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 22/05/2017 11:23 Atualizado em: 22/05/2017 16:33

Youtuber de 22 anos é do Piauí e compartilhou contagem regressiva nas redes sociais. Foto: YouTube/Reprodução
Youtuber de 22 anos é do Piauí e compartilhou contagem regressiva nas redes sociais. Foto: YouTube/Reprodução

O nordestino Whindersson Nunes foi o primeiro brasileiro a atingir a marca de 20 milhões de seguidores no YouTube. Atualmente, ele conta com aproximadamente 20 milhões e 35 mil fãs na plataforma de vídeos e figura como o canal mais seguido do país, na frente das produtoras Kondzilla e do Porta dos Fundos, que ocupam segundo e terceiro lugares, respectivamente. Seu vídeo mais visto (mais de 57 milhões de acessos) é uma paródia da música Hello, de Adele.

Antes de bater o recorde, o youtuber compartilhou a contagem regressiva nas redes sociais. "VEM 20 MILHÕES!! Se você faz parte dessa galera, deixa seu like aí na foto heheheh", escreveu ele para os fãs do Twitter, - plataforma na qual é acompanhado por mais de 4,16 milhões de pessoas - e do Instagram (11,5 milhões). Na página oficial do Facebook, o humorista acumula aproximadamente 3,3 milhões de seguidores.

Whindersson é um dos confirmados no Digital Stage, palco voltado para influenciadores digitais a ser montado no Rock in Rio, na capital fluminense, em setembro. Ele estará acompanhado dos youtubers Christian Figueiredo, Mr. Poladoful e Felipe Castanheri. No final de março, o piauiense emocionou fãs ao divulgar o vídeo no qual pedia a namorada, Luísa Sonza, em casamento. A publicação chegou aos 13 milhões de acessos.

Assista ao pedido de casamento:



Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.