• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Televisão Série House of cards da Netflix ironiza Temer após delação bombástica Perfil da série comentou situação relacionada à política brasileira

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 17/05/2017 21:44 Atualizado em: 17/05/2017 21:53

Kevin Spacey interpreta o inescrupuloso Frank Underwood. Netflix/Divulgação
Kevin Spacey interpreta o inescrupuloso Frank Underwood. Netflix/Divulgação


Sempre antenada com fatos políticos relacionados ao Brasil e aos Estados Unidos, a produção da série House of cards, da Netflix, satirizou o destino de Michel Temer depois de virem a público as gravações nas quais o ocupante do Palácio do Planalto dá aval à compra do silêncio do colega de partido Eduardo Cunha. Uma postagem curta no Twitter, em português (mesmo o perfil oficial da série em inglês), "reclamou": "Está difícil competir". A página é seguida por 1,5 milhão de pessoas.

Leia mais: William Bonner chama Michel Temer de ex-presidente ao vivo no Jornal Nacional

A série da Netflix se caracteriza por mostrar as jogadas podres e eticamente indefensáveis do político Frank Underwood na ambição pelo poder nos Estados Unidos. Depois de ser preterido para um cargo após uma eleição, ele articula inúmeras manobras, chantagens e crimes para derrubar o presidente e ocupar o cargo mais importante do planeta, a chefia da Casa Branca.

Durante as maquinações do então presidente da Câmara, Eduardo Cunha, hoje preso da operação Lava Jato, admiradores da série enxergaram as negociatas no Congresso como extensão das práticas do parlamentar.

O perfil brasileiro da série no Facebook ironizou o escândalo relacionado a Michel Temer: "Nova temporada só em 30 de maio", em clara referência à antecipação, na vida real, de fatos possivelmente abordados na ficção estrelada pelo ator Kevin Spacey. A relação conflitante com a imprensa - problema vivido atualmente por Donald Trump, presidente dos Estados Unidos - deve movimentar a nova fase da trama.






Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.