• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Literatura Morre escritor e crítico literário Antonio Candido Autor de Formação de Literatura Brasileira tinha 98 anos de idade

Por: Correio Braziliense - Correio Braziliense

Publicado em: 12/05/2017 10:36 Atualizado em: 12/05/2017 10:50

Velório ocorrerá no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Foto: Marcos Santos/USP
Velório ocorrerá no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Foto: Marcos Santos/USP

Morreu, na madrugada desta sexta-feira (12), o escritor e crítico literário Antonio Candido. Ele tinha 98 anos de idade e estava internado com problemas intestinais no Hospital Alberto Einstein, em São Paulo. De acordo com nota de pesar divulgada pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), o velório ocorrerá no hospital, entre 9h e 17h.

Antonio Candido era autor e crítico de literatura, tendo assinado obras importantes para cultura brasileira, como Método crítico de Silvio Romero (1944), Formação da literatura brasileira (1959) e Literatura e sociedade (1965). No Facebook, o escritor Ricardo Lisias lamentou a morte de Candido: "Para sempre o professor Antonio Candido será um exemplo de imensa coragem e dignidade no ambiente intelectual brasileiro".

Durante a carreira, Candido ganhou os principais prêmios da literatura nacional, como Jabuti (1960, 1965, 1966, 1993), Alfonso Reyes (2005), Juca Pato (2007), Camões (1998) e Machado de Assis (1993). Além de escritor e crítico literário, Candido era militante e um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT). Ele declarou apoio à candidatura de Dilma Rousseff nas últimas eleições.

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.