• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Big Brother Brasil Suposto depoimento de Emilly à polícia cita agressões de Marcos Delegada que cuidou do caso não confirma veracidade do texto

Por: Estado de Minas

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 04/05/2017 13:05 Atualizado em:

A postagem do depoimento cita que o documento confirma que a gêmea havia pedido a expulsão de Marcos do programa. Foto: Fabio Rocha/Globo
A postagem do depoimento cita que o documento confirma que a gêmea havia pedido a expulsão de Marcos do programa. Foto: Fabio Rocha/Globo

O trâmite jurídico do caso envolvendo Emilly Araújo e Marcos Harter, ex-participantes do Big brother Brasil 17, ainda está ganhando novos capítulos. Nesta terça-feira (2), o depoimento prestado pela gêmea na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), já fora da casa, vazou na internet. A delegada Márcia Noeli, responsável por conduzir o depoimento da vencedora do reality show, informou ao Viver que não é do interesse da polícia apurar se as informações que chegaram à internet são verdadeiras ou não.

"O processo estava em sigilo aqui na Delegacia e, após a apuração, foi encaminhado para o Ministério Público. A partir daí, tantos os advogados de Emilly quanto de Marcos tiveram acesso a cópias dos documentos, então não fazemos ideia de onde essas informações vazaram. Mas, se alguém pode verificar a procedência das informações, essa pessoa é a Emilly, que tem condições de contestar possíveis mentiras no texto", disse ela em entrevista por telefone.

Renato Darlan, advogado de Emilly, disse ao UOL que pretende tomar providências contra o vazamento: "Nós entendemos que para alguém é interessante esse vazamento. Para Emilly não faz sentido, já que o que ela mais quer é esquecer e seguir sua vida. Nós pretendemos buscar o responsável por esse vazamento já que o procedimento é sigiloso", afirmou.

Nas redes sociais, a postagem do depoimento cita que o documento confirma que a gêmea havia pedido a expulsão de Marcos do programa. "O vazamento inclusive é maldoso e mentiroso porque em nenhum momento a Emilly diz que pediu que ele fosse excluído", completou. No documento, a gêmea relata como era seu relacionamento dentro do programa com o cirurgião plástico. Segundo ela, no início era maravilhoso, mas que seu comportamento foi mudando.

Confira na íntegra o suposto depoimento de Emilly:

"Inquirido, disse: Que comparece nesta Especializada para prestar declarações na presença de seus advogados Paulo Filipe Morais Soares de Andrade, OAB/RJ 163322, o Renato Darlan Camurati de Oliveira, OAB/RJ 177329; Que deseja esclarecer que não visualizou qualquer imagem do processo após ter saído do Reality Show, no qual permaneceu por 79 dias chegando à final e ganhando o prêmio de vencedora do referido Programa; Que tomou conhecimento por seus familiares do vulto que tomou seu relacionamento amoroso com o também participante Marcos Harter, 37 anos, com quem conviveu no Reality Show como seu namorado por aproximados 02 meses; Que no início do relacionamento foi maravilhoso, Marcos era muito atencioso e carinhoso com a declarante, sempre a ouvia, o que foi modificando com o passar do tempo, visto que seu comportamento foi alternando até que este não deixava mais a declarante falar e demonstrar seus pontos de vista, sempre impondo que ela o escutasse; Que tinha momentos que este a proibia de conversar com outros participantes com a desculpa que iriam envenená-la contra ele; Que os atos de Marcos foram tornando-se agressivos, visto que Marcos passou a gritar e a colocar seu dedo em riste como forma de obrigá-la a escutar o que ele tinha a dizer e ao mesmo tempo constrangendo-a a não falar o que pensava; Que Marcos passou a apresentar comportamento agressivo com beliscões, torções nos punhos e apertões nos braços da declarante, sendo todos intencionais; Que tais atos eram recorrentes, mas não aconteciam todos os dias; Que o último ato se deu, inclusive, no dia em que Marcos deixou o programa, dia 10/04/2017; Que Marcos sempre que apertava e beliscava a declarante era em seus membros superiores; Que quanto ao fato ocorrido durante a festa "Retro", a agressão se deu através de vários beliscões fortes na parte interna do braço esquerdo da declarante de forma velada para que não fosse percebido pelos demais participntes e pelas câmeras; Que a declarante ficou assustada ao ver no espelho o tamanho da lesão causada por Marcos naquele momento; Que dias depois, questionada pela participante Ieda, a declarante em desabafo, confidenciou a ela que Marcos havia lhe causado lesões intencionais, inclusive levantando o braço e mostrando a referida lesão, tendo Ieda desaprovado tais atitudes; Que deseja esclarecer que no dia seguinte à festa "Retro", a declarante foi atentida pelo médico do programa, o qual constatou a lesão, porém a declarante não lhe disse a causa, pois não queria prejudicar Marcos; Que a partir dai, tais apertões, beliscões e torsão de punho, bem como demais constrangimentos foram aumentando de intensidade, porém a declarante sempre perdoava Marcos, chegando a terem 04 términos de relacionamento com reconciliação, visto que este se mostrava arrependido de suas atitudes e esta, muito apaixonada, o persoava, não se dando conta de que aquele relacionamento estava lhe fazendo mal; Que o último episódio foi após a festa "Emoções", quando estes discutiram, pois a declarante queria que Marcos se posicionasse na frente das pessoas da mesma forma que se posicionava para ela; Que a declarante entendeu ser a "gota d'àgua" do relacionamento o que causou irritação em Marcos; Que a declarante esclarece que utilizou tal termo, visto que era utilizado por Marcos quando este terminou o namoro com ela da última vez; Que Marcos não aceitou o posicionamento da declarante, irritou-se de tal forma, que esta nunca tinha visto; Que Marcos a encurralou na parede, imobilizando muito forte em seu punho direito; Que a outra mão de Marcos mantinha-se com o dedo em riste no rosto da declarante, na altura do nariz, momento em que gritava com ela; Que por conta disso, seu punho ficou muito dolorido, não sabendo informar se naquele momento deixou alguma marca, esclarecendo que neste momento não possui marca no punho; Que tal situação constrangedora e agressiva de Marcos só cessou quando Marinalva chegou; Que o desentendimento durou a noite inteira, permanecendo até a manhã do dia 09/04/2017; Que no decorrer do dia, 09/04/2017, Marcos continuou insistindo em "conversar" de maneira alterada, inclusive tentou abraçá-la, apertando a declarante e esta pedindo para que este a soltasse, pois não queria conversar naquele momento; Que Marcos agarrava a declarante para conversar e ela não queria naquele momento e tentou sair, mas ele não deixava; Que Marcos, envolveu a declarante em seus braços, anulando-se e deitando-a no chão, inclusive batendo com sua cabeça na grama e começou a chorar, motivo pelo qual a declarante o abraçou e reataram mais uma vez; Que a declarante deseja deixar consignado que os fatos por ela narrados estão gravados pela emissora porque se trata de um Reality Show; Que cientificada dos direitos constantes da Lei 11.340/2006, não deseja solicitar medida protetivas no momento, porém tendo ciência que caso necessário poderá solicitá-las. E mais não disse". 

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.