• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Big Brother Brasil Max, vencedor do BBB9, oferece consultoria para candidatos ao reality Oito anos após vencer o programa, ele diz que pode "tornar sua caminhada mais fácil"

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 24/04/2017 20:42 Atualizado em: 24/04/2017 19:35

Consultoria de Max Porto seria online e sigilosa, informa anúncio. Foto: Rede Globo/Reprodução
Consultoria de Max Porto seria online e sigilosa, informa anúncio. Foto: Rede Globo/Reprodução


As pessoas interessadas em participar da 18ª edição do Big brother Brasil, e concorrer ao prêmio de R$ 1,5 milhão, podem ter uma "ajudinha" de um ex-brother. Vencedor do BBB9, Max Porto anunciou no Facebook que vai prestar consultoria para quem quiser participar da próxima edição do programa, que está com inscrições abertas.

"Uma coisa é caminhar pelo caminho desconhecido, outra é ter alguém que caminhou por ele te indicando seus atalhos e seus perigos! Aspirantes ao BBB18, eu posso ajudar a tornar sua caminhada mais fácil!", escreveu em sua página oficial. Na publicação, Max oferece consultoria ao vivo por meio do programa de conversas online Skype com "o máximo de sigilo". Segundo o anúncio, os interessados devem entrar em contato pelo e-mail realitymaximizado@gmail.com para saber mais sobre o serviço.

O ex-BBB foi o último a ganhar o prêmio de R$ 1 milhão — na edição de 2010 o valor aumentou para R$ 1,5 milhão — e hoje é gerente de comunicação de um grupo de entretenimento. Em entrevista ao Ego, ele explicou que o dinheiro ajudou a organizar a vida, mas não era suficiente para uma aposentadoria.

As pessoas interessadas em participar do reality show devem ficar atentas: as inscrições estão encerradas, temporariamente, em nove das 13 capitais onde serão as seletivas. Mas Cuiabá, João Pessoa, Natal e Porto Velho ainda são opções. As inscrições podem ser realizadas através do site do programa, no portal Gshow.

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.