• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Big Brother Brasil BBB 17: Emilly tenta ressarcir aposentada que gastou R$ 1,4 mil para votar nela Luciane Santiago afirmou que sua filha, que morreu, era muito parecida com a vencedora do reality show

Por: Estado de Minas

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 20/04/2017 13:36 Atualizado em: 20/04/2017 15:03

Em entrevista ao TV Fama, Luciane revelou que investiu grande parte do orçamento na vitória de Emilly. Foto: Instagram/Reprodução
Em entrevista ao TV Fama, Luciane revelou que investiu grande parte do orçamento na vitória de Emilly. Foto: Instagram/Reprodução

Emilly Araújo finalmente conheceu Luciane Santiago, a aposentada que gastou pelo menos R$ 1,4 mil em ligações de telefone para votar na estudante gaúcha que venceu o Big brother Brasil 17. Nas imagens divulgadas nas redes sociais, Luciane aparece emocionada por estar lado a lado com a campeã do reality show, por quem afirma nutrir grande afeto.

Leia também: Polícia indicia Marcos Harter por agressão a Emilly Araújo

Em entrevista ao TV Fama, Luciane revelou que investiu grande parte do orçamento na vitória de Emilly - chegando, inclusive, a acumular dívidas - porque sua filha, que morreu há cerca de quatro meses, vítima de leucemia, é muito parecida com a estudante gaúcha. "Minha televisão ficou 80 dias ligada", disse Luciane, afirmando que investiu "por amor". "Com a perda da minha filha, você (Emilly) me fez viver novamente e me trouxe uma segunda vida", afirmou a aposentada.

Em entrevista ao jornal Extra, a aposentada afirmou que a ex-BBB tentou dar dinheiro a ela para compensar o esforço. "Ela me beijou, abraçou muito e falou que me ama. Emilly ficou sabendo dessa história através de outros fãs e se propôs a me dar o dinheiro que eu gastei votando nela ou pagar a conta de telefone, mas eu não quis. Não quero nada dela a não ser o amor que eu tenho por ela. Muita gente me julgou, me criticou, dizendo que eu quero o dinheiro dela, mas eu não estou atrás da Emilly para pedir dinheiro", disse.

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.