• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Celebridades 'Não estou a fim de ser primeira dama', diz Angélica sobre possível candidatura de Huck à presidência Apresentadora concedeu entrevista à revista Quem e comentou rumores da carreira política do marido

Por: Estado de Minas

Publicado em: 19/04/2017 16:01 Atualizado em: 19/04/2017 17:36

Apresentadora afirma que fãs confundem heróis da televisão com o da política. Foto: Raquel Cunha/Globo
Apresentadora afirma que fãs confundem heróis da televisão com o da política. Foto: Raquel Cunha/Globo


Os rumores de que Luciano Huck estaria cogitando uma candidatura à presidência da república do Brasil, após entrevista concedida ao jornal Folha de S.Paulo, causou furor nas redes sociais, com a hashtag #AjudaLuciano, que chegou a se transformar em memes. Mas, em entrevista à revista Quem, Angélica revelou não acreditar que o marido seguirá carreira política.

"Confundem o herói da televisão com o da política. Acho que é muito da carência do povo por pessoas honestas. Ele realmente é uma pessoa muito bem-intencionada. Mas é muito novo também. Quando fala que não descarta a candidatura à presidência, é porque o Luciano não é uma pessoa que vai negar uma expectativa das pessoas. Mas, dentro dele, isso não é o que ele quer. Ele já ajuda muita gente e pode ajudar muito mais do que se ele se enfiar na política. A gente não sabe o que vai acontecer lá na frente. Mas não estou a fim de ser primeira-dama, não", afirmou a apresentadora.

Recentemente, Luciano Huck foi questionado sobre suas reais intenções em se lançar na política, contudo, o marido de Angélica se esquivou. "Já faço política, fazendo televisão aberta no Brasil, com o poder que a Globo tem, trazendo boas histórias, dando opinião. Agora, se me perguntarem se vou concorrer a algum cargo eletivo, eu não sei responder. E qualquer tipo de resposta é especulação, fofoca", disse.

Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.