• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
TV BBB 17: 'Esperei pelo abraço dela, que infelizmente não veio', diz Marcos sobre Emilly Cirurgião plástico diz que seria "injusto" qualquer prejuízo à sua carreira profissional trazido pela participação no programa

Por: Estado de Minas

Publicado em: 17/04/2017 15:40 Atualizado em: 17/04/2017 21:02

Foto: Vinicius Mochizuki/Divulgação
Foto: Vinicius Mochizuki/Divulgação

Durante a última semana do Big Brother Brasil 17, o jogo sofreu uma reviravolta inesperada. Depois de discutir com Emilly Araújo, o médico Marcos Harter foi expulso do reality show por ter descumprido uma das regras do programa - é proibido agredir fisicamente outros confinados. Agora, ele é investigado por agressão contra a gêmea e já depôs em sua defesa. Durante a final do programa, que fez Emilly campeã da edição 2017, Marcos estava presente, mas não foi parabenizá-la. 

"Esperei pelo abraço dela, que infelizmente não veio. Esperei a reação que ela tanto verbalizava lá dentro, especialmente após a minha saída. Concluí, então, que era melhor respeitar seu espaço junto a seus familiares", afirmou o médico, em texto em formato de entrevista publicado em sua página do Facebook. 

Marcos também revelou que, após o fim do programa, ainda não teve a oportunidade de conversar com Emilly. "Espero que isso aconteça em breve", afirmou. Questionado sobre se o relacionamento teria ou não futuro fora da casa, o cirurgião afirma que tudo vai depender desse primeiro encontro. 

Marcos Harter, que é cirurgião plástico, também acha que seria "injusto" que a exposição de sua imagem proporcionada pelo programa prejudicasse a sua vida profissional. "Tudo que ocorreu dentro do confinamento não tem relação com a minha profissão, pois quem entrou na casa foi o Marcos e não o Dr. Marcos. Tenho uma carreira sólida, construída com muito estudo e dedicação. Meu trabalho apenas pode ser avaliado pelas minhas condutas profissionais." 

Sobre o inquérito que investiga a agressão contra Emilly, Marcos afirmou que, em seu depoimento, esclareceu tudo aquilo que diz respeito à sua parte na polêmica. "Sigo à disposição para o que for necessário", finaliza. 
 
Confira a entrevista na íntegra:



Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.