• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
CCXP Comic Con: Dubladores brasileiros compartilham experiências e desafios na dublagem de games Ricardo Juarez e Alexandre Drummond são responsáveis por emprestar a voz a personagens como Johnny Bravo, Barry Allen e Timmy Turner, mas também atuam no mundo dos games

Por: Matheus Rangel

Publicado em: 16/04/2017 16:24 Atualizado em: 17/04/2017 17:45

Ricardo Juarez, de 46 anos, e Alexandre Drummond, 26, são referência no assunto. Fotos: YouTube/Reprodução
Ricardo Juarez, de 46 anos, e Alexandre Drummond, 26, são referência no assunto. Fotos: YouTube/Reprodução


Dois nomes importantes do mercado brasileiro de dublagem compartilharam experiências durante a Comic Con Experience Tour em Pernambuco neste fim de semana. Ricardo Juarez, de 46 anos, e Alexandre Drummond, 26, são responsáveis por emprestar as vozes para marcantes personagens do cinema, da TV e dos jogos, tonando-se referência no assunto. 

Por trás dos bordões do galã Johnny Bravo, Juarez conta que é difícil tentar reproduzir as falas do personagem atualmente por conta das mudanças em sua voz desde que o interpretou, na década de 1990. O problema é compartilhado por Drummond, que tem dentre os trabalhos mais reconhecidos da carreira a dublagem de Timmy Turner, protagonista da animação Os padrinhos mágicos

Os artistas, que se revezam nas funções de dubladores e diretores de dublagem nos estúdios, também acumulam trabalhos na área dos games, atividade que exige técnicas diferentes no processo de produção. "Dificilment,e a gente recebe algum tipo de imagem ou vídeo para se guiar, tem que ser tudo pelo áudio da versão em inglês do jogo", diz Drummond. 

Ao contrário do processo ocorrido em filmes ou animações, os profissionais primeiro dão voz aos personagens para que então eles possam ganhar forma. "Em animações nacionais, muitas vezes o dublador grava, envia para a produtora e só então eles criam a animação em cima da voz", complementa. 

Trabalhos mais marcantes 
Após aceitar o desafio de interpretar personagens de jogos, tanto Ricardo quanto Alexandre, que confessam interesse pelo assunto e afirmam consumir esse tipo de produto, guardam na memória trabalhos especiais. "Como dublador, trabalhar em Assassin's creed foi muito marcante porque, de lá para cá, minha carreira decolou. Como diretor, a atuação em Witcher foi especial. Foi um prazer enorme", relembra Drummond. 

Já Juarez recorda a colaboração no game League of legends (LoL), quando dublou Draven. Também destaca a participação em Overwatch e Ascension. "Talvez o meu trabalho mais desafiador tenha sido na composição do Penguin, de Batman. Precisei desconstruir totalmente a minha voz", fala, transformando o marcante tom grave em agudo, "para tentar me equiparar ao cara que fez esse trabalho na versão original. Foi bem difícil, mas me orgulho". Drummond lembra da sua atuação como Barry Allen no seriado The Flash. "A responsabilidade é enorme". 

Mercado 
Alexandre e Ricardo titubeiam depois do questionamento de um fã, da plateia, sobre o mercado de dublagem. "É difícil. Já existem as pessoas pré-estabelecidas para fazer os trabalhos", afirma. "No entanto, eu, como diretor, gosto de abrir as portas para novos talentos, só assim poderemos descobrir e dar chances a novos profissionais". 

CCXP Tour 
A Comic Con Experience Tour ocorre até este domingo, no Centro de Convenções, em Olinda. É a primeira edição da CCXP fora de São Paulo, onde já foram realizadas três edições do evento. Miguel Ángel Silvestre (Lito, de Sense8), Richard Speight Jr. (o arcanjo Gabriel, de Supernatural), Finn Jones (Loras Tyrell em Game of thrones e protagonista de Punho de Ferro), Tom Pelphrey (Punho de Ferro), Carlos Villagrán (Kiko de Chaves), Kevin Sussman (Stuart de The Big Bang Theory), Claudia Wells (Jennifer Parker em De volta para o futuro), Rodolfo Valente e Vaneza Oliveira (Rafael Moreira e Joana Coelho de 3%), Diogo Vilela, o casal Taís Araújo e Lázaro Ramos, Vladimir Brichta (Bingo: O rei das manhãs), Brandon Flynn, Alisha Boe e Christian Navarro (13 reasons why) e o dublador Wendell Bezerra (Bob Esponja/Goku) são alguns convidados da maratona geek. 

O evento promove a presença de cerca de 200 quadrinistas, sendo mais de 180 na Artists' Alley, durante os quatro dias. Os brasileiros Mauricio de Sousa, Mike Deodato (da Marvel Comics), Ivan Reis (DC Comics), Fábio Moon e Gabriel Bá (Dois irmãos), Adriana Melo (Doctor Who), Bianca Pinheiro (Bear) e Rafael Albuquerque (Vampiro americano) estão entre os nomes anunciados. Paul Pope (Batman: Ano 100), José Luiz García-López (responsável pelo primeiro Guia de estilo da DC Comics), Bill Sienkiewicz (Elektra assassina), Jock (Batman: Black mirror) e Glen Fabry (Preacher e Hellblazer) são alguns quadrinistas internacionais confirmados. 

Vendas 
Os ingressos estão à venda na bilheteria do Centro de Convenções. As entradas para o domingo custam R$ 209,98, R$ 109,99 (meia) e R$ 114,99 (social).


Acompanhe o Viver no Facebook: 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.