• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Televisão BBB17: Internautas acusam Marcos de agredir Emilly e cobram ação da Globo contra machismo Eles exigem da emissora postura semelhante à suspensão de José Mayer e afastamento de Victor do The voice kids

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 09/04/2017 15:44 Atualizado em: 09/04/2017 18:33

Marcos colocou dedo na cara de Emily e a impediu de falar. Foto: Globo/reprodução
Marcos colocou dedo na cara de Emily e a impediu de falar. Foto: Globo/reprodução


Movimento nas redes sociais passou a exigir a eliminação de Marcos da disputa do Big brother Brasil 17 e a imediata expulsão do candidato da casa após a exibição das cenas nas quais ele coloca o dedo na cara de Emilly, impede ela de falar e segura o braço da participante com força. As imagens foram captadas neste sábado, durante noite de disputa pela liderança do confinamento em prova vencida pela candidata.

Em um dos vídeos postados pelos internautas, Marcos segura o braço de Emilly enquanto tenta falar com ela. A sister chega a dizer "Marcos, Marcos, está doendo", enquanto ele exige "Escuta". Em um outro vídeo em circulação pela web, o brother encurrala a companheira na parede e a impede de sair enquanto esbraveja. Ele cala Emilly com gritos de "presta atenção" e coloca o dedo sobre a boca da interlocutora, agora silenciada. Em seguida, ele afirma "você tem que ficar comigo independentemente de quem eu ache que tem que ganhar".




As cenas foram intepretadas como atos de machismo nas redes sociais porque Marcos impede a colega, mulher, de ter voz e tenta prevalecer diante dela com a força física - em vez de usar argumentos. A hashtag #marcosexpulso dominou o Twitter com usuários revoltados com o comportamento do participante.

"Violência física e psicológica não é entretenimento", escreveu uma internauta. "Mano, que nojo! meu deus, eu queria salvar ela daí! agressão contra mulher não!!!", postou outro. "Estou com uma sensação horrivel ao ver esse vídeo. É abusivo agressivo e medonho! Providências", descreveu uma usuária da rede social diante das cenas.




Os espectadores também cobraram da Rede Globo um posicionamento sobre o tema e fizeram paralelo entre a postura da emissora no caso de assédio praticado por José Mayer e a “omissão” quanto às atitudes do brother. A direção do canal se manifestou publicamente, dias atrás, e criticou a violência perpetrada pelo ator ao passar a mão e assediar psicologicamente uma figurinista dentro das dependências da emissora. Na nota, a Globo disse condenar e repelir condutas machistas na casa. O ator pediu desculpas em carta aberta, mas foi suspenso por tempo indeterminado.

"Globo afastou Victor assim que foi divulgada agressão a esposa, afastou Zé Mayer por assédio e permite um agressor ao vivo", cobrou um internauta, em referência, ainda, ao afastamento de Victor do The voice kids depois de a esposa prestar depoimento e dizer ter sido agredida pelo cantor.

O Viver ligou para a assessoria de imprensa da Globo para tratar do assunto, mas não obteve êxito.

Acompanhe o Viver no Facebook





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.