• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Debate Lázaro Ramos entra na polêmica da apropriação cultural: 'Mais respeito' Ator negou, no entanto, que o comentário tenha sido feito em resposta à blackface da Daniela Mercury no carnaval

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 01/03/2017 19:56 Atualizado em: 01/03/2017 19:17

"Excessos e dúvidas surgirão sim, mas quero acreditar que esse é um processo em andamento e que ao compreendermos todas as vozes teremos o equilíbrio e respeito necessários", escreveu o ator. Foto: Instagram/Reprodução
"Excessos e dúvidas surgirão sim, mas quero acreditar que esse é um processo em andamento e que ao compreendermos todas as vozes teremos o equilíbrio e respeito necessários", escreveu o ator. Foto: Instagram/Reprodução


Na noite da última terça-feira (28), Lázaro Ramos usou o Instagram para falar sobre apropriação cultural. Um dia antes, o ator, ao lado da esposa, Taís Araújo, subiu no trio de Daniela Mercury no carnaval de Salvador. Na ocasião, a cantora baiana usava uma peruca black power e uma maquiagem mais escura na pele - a fantasia de 'deusa de ébano' foi criticada nas redes sociais e Daniela foi acusada de blackface.

"Carnaval chegando ao fim e o tema se impõe novamente. Apropriação cultural. Acho sim um tema relevante e sem uma resposta exata. Sem maniqueísmo e sem a solução final. Assim como todas as discussões ligadas à população negra penso sempre o quanto essas questões e essas vozes foram silenciadas. Excessos e dúvidas surgirão sim, mas quero acreditar que esse é um processo em andamento e que ao compreendermos todas as vozes teremos o equilíbrio e respeito necessários", escreveu Lázaro na legenda de uma foto de Neguinho do Samba, fundador do Olodum falecido em 2009. De acordo com Lázaro, o percussionista "já provocou muita discussão nesse aspecto". "Eu não tenho a resposta exata. Tenho uma profunda sensação de que precisamos escutar mais e respeitar mais. Homenagem? Apropriação? Essas são as palavras que me acompanharam na reflexao nesse fim de carnaval". Lázaro completou o texto com as hashtags #EmBuscaDeSabedoria e #NaoNaturalizemosCoisasOfensivas.

O ator, no entanto, negou que a postagem tenha sido em resposta à fantasia de Daniela. Um leitor comentou na imagem que a postagem era "vazia e própria de alguém que não quer colocar panos quentes em determinadas coisas. Apropriação cultural existe, ela é um dos traços do colonialismo. Ou enfrenta o tema de peito aberto ou fala sobre outra coisa. Sai de cima do muro. Tem coisas que precisam ser enfrentadas". Lázaro esclareceu que "não era resposta a nada e sim reflexão".  "Não uso as redes pra falar de lados. Isso muitos já fazem. Me dou ao direito de ser um provocador de reflexões aqui", escreveu ele, que disse ainda que "muita água vai rolar e estou aqui aprendendo junto".




Carnaval chegando ao fim e o tema se impõe novamente. Apropriação cultural. Acho sim um tema relevante e sem uma resposta exata. Sem maniqueísmo e sem a solução final. Assim como todas as discussões ligadas à população negra penso sempre o quanto essas questões e essas vozes foram silenciadas. Excessos e dúvidas surgirão sim, mas quero acreditar que esse é um processo em andamento e que ao compreendermos todas as vozes teremos o equilíbrio e respeito necessários. Ah e a foto do Maestro Neguinho do samba? Bom... ele criou o samba reggae e já provocou muita discussão nesse aspecto. Viva Neguinho do samba e sua criação. Eu não tenho a resposta exata. Tenho uma profunda sensação de que precisamos escutar mais e respeitar mais. Homenagem? Apropriação? Essas são as palavras que me acompanharam na reflexao nesse fim de carnaval. #Embuscadesabedoria #nao naturalizemos coisas ofensivas.

Uma publicação compartilhada por Lázaro Ramos (@olazaroramos) em







Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.