• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Morre o compositor Orlandivo, que inspirou Jorge Ben Jor nos anos 1960 Artista, de 79 anos, autor de Bolinha de Sabão, foi crooner do conjunto de Ed Lincoln

Por: Agência Estado

Publicado em: 09/02/2017 08:53 Atualizado em: 09/02/2017 17:15

Orlandivo e suas famosas 'chaves percussivas'. Foto: YouTube/Reprodução
Orlandivo e suas famosas 'chaves percussivas'. Foto: YouTube/Reprodução


Morreu nesta quarta-feira (8), aos 79 anos, no Rio de Janeiro, o cantor e compositor Orlandivo. As causas do óbito não foram divulgadas. Entre os entusiastas do artista, que fez sucesso na década de 1960, estão Dóris Monteiro, Jorge Ben Jor, Wilson Simonal, Claudette Soares, João Donato, Elza Soares e Ângela Maria. Orlandivo compôs os sucessos Tamanco no samba, Bolinha de sabão, Samba toff, Onde anda o meu amor e Vô batê pá tu.

Nascido em Itajaí, em Santa Catarina, ele se mudou com a família para o Rio de Janeiro aos 9 anos. Inspiração de Jorge Ben Jor no início de carreira, Orlandivo consagrou-se no biênio 1961/1962, período em que reinou absoluto como crooner do conjunto do organista Ed Lincoln. Em 1962, lançou pelo selo Musidisc seu primeiro LP, A chave do sucesso. O título fazia alusão a uma característica do compositor: a utilização de um molho de chaves como instrumento percussivo.

Jorge Ben Jor é o homenageado da vez no projeto Nivea Viva!. Ele fará uma série de shows pelo país ao lado do Skank e da cantora Céu para reviver sucessos da sua carreira. Recife está no roteiro de apresentações e deve receber o show gratuito no dia 21 de maio. A direção musical é Dadi Carvalho e a artística, de Monique Gardenberg. O anúncio foi feito por meio de coletiva de imprensa em São Paulo.

Ouça Tamanco no samba:



Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.