• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Pop Lady Gaga faz referência a Simone e Simaria no Facebook - e dupla responde Cantora norte-americana fará neste domingo uma aguardada apresentação na final do Super Bowl, a mais cara da história da NFL

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Por: Rodrigo Neves

Publicado em: 05/02/2017 08:14 Atualizado em:

Lady Gaga, que cantou o hino dos EUA no ano passado, retorna ao Super Bowl. Fotos: Martin Bureau e Facebook/Reprodução
Lady Gaga, que cantou o hino dos EUA no ano passado, retorna ao Super Bowl. Fotos: Martin Bureau e Facebook/Reprodução

Às vésperas da aguardada apresentação do intervalo da final do Super Bowl, o perfil oficial no Facebook da cantora e compositora Lady Gaga surpreendeu os fãs brasileiros. Em português, ela fez uma publicação com o título da música lançada pela dupla sertaneja em parceria com Anitta, Loka, além de usar o nome pelo qual as duas irmãs baianas ficaram conhecidas, especialmente após a saída do grupo Forró do Muído.

Confira o roteiro de shows e prévias no Divirta-se

"Chora não coleguinha! A espera acabou e você vai ficar loka com a maior performance deste fim de semana! #SemanaGaga. Para aquecer, escute Joanne https://umusicbrazil.lnk.to/Joanne", diz o post, cujo link direciona para uma página no qual é possível acesar o mais recente album da norte-americana, Joanne, no Spotify, iTunes, Deezer, iMusic, Google Play, Saraiva e Napster. A publicação não foi feita para todos os seguidores da cantora - provavelmente, apenas para os brasileiros.

Pouco depois, o comentário foi compartilhado como imagem no Facebook oficial de Simone e Simaria, seguido por mais de 6 milhões de internautas. "Chora nãoooo @ladygaga ! Esquece e ele e fica #LOKAA %uD83D%uDE02%u2764%u2764%u2764 #AssistaLOKAnoYoutube #OuçaLOKAnoSpotify #PeçaLOKAnasRadios", escreveram, reforçando o single. Vale lembrar que, no Brasil, as três são distribuídas pela Universal Music.

Esta não é a primeira vez em que Gaga escreve, em português, sobre um artista brasileiro. "Isso não era amor, não era! Mas com Joanne não tem cilada! Ouça Perfect illusion, Million reasons, Ayo e outras músicas no Spotify Brasil!", publicou o perfil oficial da cantora, para divulgar o álbum Joanne. O impulso para a brincadeira foram as comparações dos fãs entre Perfect illusion, dela, e o hit Cilada, do Molejo. O grupo de pagode chegou até a fazer uma versão com as duas músicas.

A final do campeonato de futebol americano da NFL (National Football League, a liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos) ocorrerá neste domingo, no NRG Stadium em Houston, no Texas. E, assim como será desde o início dos anos 1990, o intervalo fica por conta de (pelo menos) uma grande atração musical. No ano passado, o Coldplay convidou Bruno Mars e Beyoncé para agitarem o show da 50ª edição do evento. Neste ano, quem comanda o show é Lady Gaga.

A diva também compareceu no ano passado para executar o hino nacional dos Estados Unidos antes do jogo. A disputa e o show de intervalo de 2016 alcançaram a segunda maior audiência do Super Bowl. A primeira foi conquistada em 2015, quando o campeonato contou com uma apresentação de Katy Perry, atingindo uma média de 114,4 milhões de espectadores. Outras apresentações marcantes antecederam a essas.

O que esperar 
A expectativa pela apresentação de Lady Gaga é alta por diversos motivos. De acordo com o site CNBC, foram investidos US$ 10 milhões para a produção do show, o maior orçamento da história do evento. As atrações passadas que mais chegaram perto deste valor foram Madonna e Katy Perry, ambas com o investimento de US$ 9 milhões.

O orçamento divulgado cria ainda mais expectativa por conta das aparições contidas e do visual mais limpo adotado por Gaga depois do lançamento de seu quinto álbum, Joanne, de outubro de 2016. O disco trouxe canções com pegadas mais country, blues e rock, além de performances mais simples, diferentes das realizadas em outras fases de sua carreira.

A cantora, porém, manteve o clima de grande mistério sobre a performance. Tudo o que se sabe até agora é que ela não convidou ninguém para se juntar a ela, e que o músico Tony Bennett, com quem Gaga lançou um álbum de jazz em 2014, anunciará sua apresentação em um vídeo pré-gravado. Gaga deve incluir no repertório seus primeiros hits que bombaram no final da primeira década dos anos 2000, como Poker face e Bad romance, mesclando com as novas faixas do Joanne.

Michael Jackson foi a primeira grande estrela pop a se apresentar no Super Bowl, em 1993, dando início à tradição. Ele levou para o campo clássicos, como Jam, Billie Jean, Black or white, We are the world e Heal the world. Depois de MJ, outros astros fizeram performances memoráveis no evento, como Diana Ross, em 1996; Aerosmith, ’NSYNC, Britney Spears, Mary J. Blige, e Nelly, em 2001; Janet Jackson e Justin Timberlake, em 2004; The Rolling Stones, em 2006; Madonna, M.I.A. e Nicki Minaj, em 2012, entre outros. Bruno Mars e Beyoncé, que se juntaram ao Coldplay na última edição, já haviam se apresentado antes. Mars subiu ao palco do Super Bowl em 2014 e convidou o Red Hot Chili Peppers. Já a diva reinou sozinha em 2013.

Acompanhe o Viver no Facebook:





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.