• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Artes cênicas História do Ilê Aiyê, primeiro bloco afro da Bahia, vira espetáculo na Caixa Cultural Montagem traz dança, teatro e música e é dividida em quatro quadros

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 17/11/2016 15:41 Atualizado em: 17/11/2016 15:56

Espetáculo traz nove bailarinos e quatro músicos contam uma trajetória que começou no bairro do Curuzu, em Salvador. Crédito: Caixa Cultural/Divulgação
Espetáculo traz nove bailarinos e quatro músicos contam uma trajetória que começou no bairro do Curuzu, em Salvador. Crédito: Caixa Cultural/Divulgação
O mês da consciência negra ganha destaque ainda maior nos palcos pernambucanos com o espetáculo Tributo ao ilê aiyê - 40 anos de história, na Caixa Cultural. Dança, teatro e música se mesclam nos três dias de apresentações previstas pelo grupo baiano, desta quinta até o sábado (19). Nove bailarinos e quatro músicos contam uma trajetória que começou no bairro do Curuzu, em Salvador, com quatro pessoas, e conquistou respeito em vários países do mundo pela defesa da herança africana no Brasil. Atualmente, o bloco tem cerca de três mil associados.

A montagem é dividida em quatro quadros musicais e mostram uma influência norte-americana na origem do Ilê Aiyê, cujo nome significa “morada do negro”: o movimento black power, o cantor James Brown e as músicas do disco Sex machine. Os artistas que defenderam o espaço da cultura negra no Brasil, como Tony  Tornado, também são lembrados.

A fundação do primeiro bloco afro de Salvador, que impulsionaria não só o Carnaval da capital baiana como o orgulho de ser negro na cidade, também abriu mais espaço para o reconhecimento do candomblé, do ijexá, do afoxé e do samba como manifestações culturais afrobrasileiras contemporâneas. As cores amarelo, vermelho, branco e preto do bloco são representadas no espetáculo. Algumas das músicas que animam a saída do bloco são, por sua vez, emblemáticas, como Que bloco é esse?.

SERVIÇO
Tributo ao Ilê Aiyê - 40 anos de história
Quando: Quinta e sexta, às 20h; sábado (19), às 17h e às 20h
Onde: Caixa Cultural Recife - Avenida Alfredo Lisboa, 505, Bairro do Recife
Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia)
Informações: 3425-1915

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.