• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Virtuosi promove concertos gratuitos no Recife Festival de música instrumental reúne destaques do país e do exterior, incluindo a flautista Camilla Hoitenga

Por: Larissa Lins - Diario de Pernambuco

Publicado em: 26/10/2016 09:24 Atualizado em: 26/10/2016 15:32

A flautista Camilla Hoitenga é um dos destaques do festival. Foto: Sonja Dierscherl/Divulgação
A flautista Camilla Hoitenga é um dos destaques do festival. Foto: Sonja Dierscherl/Divulgação

Ambientado no Centro da capital pernambucana, com palestras no auditório do Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães, o Mamam (Rua da Aurora, 265, Boa Vista), e concertos na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco (Rua do Imperador Dom Pedro II, S/N, Santo Antônio), o V Virtuosi Século XXI segue desta quarta-feira (26) até o sábado (29).

Confira o roteiro de shows do Divirta-se

Às 19h desta quarta (26), a flautista norte-americana radicada na Alemanha Camilla Hoitenga abre a programação do festival, com recital solo: entre diferentes tipos de flauta, ela executa peças compostas especialmente para ela - assinadas por nomes como Rodrigo Lima e Pèter Koeszeghy -, além de obras de Fernando Cerqueira, Mark Chamber, Kaija Saariaho.

Amanhã, no mesmo horário, o Abstrai Ensemble apresenta música de câmara contemporânea: eles associam peças instrumentais tradicionais a arranjos eletroacústicos. E no dia seguinte, o último da programação musical, o Ensemble U (Estônia) apresenta o espetáculo interativo Esemble U & Orquestra da Audiência. Nele, a plateia controla parte da execução das peças, emite comentários e pode, inclusive, assumir alguns intrumentos no palco. Para participar, os espectadores devem acessar uma rede wi-fi e seguir instruções em endereço virtual informado pelos organizadores da atividade.

Ensemble U: e ABSTRAI Ensemble protagonizam concertos na Ordem Terceira de São Francisco. Fotos: Divulgação
Ensemble U: e ABSTRAI Ensemble protagonizam concertos na Ordem Terceira de São Francisco. Fotos: Divulgação


Haverá, no local, dois computadores com software desenvolvido para viabilizar a experiência, e, neles, dados fornecidos pelo público serão transformados em sons. É um cenário dedicado a democratizar a música instrumental, rompendo barreiras entre musicistas e espectadores. O repertório da noite é baseado no último álbum do sexteto, Alive (2015).

O V Virtuosi Século XXI é realizado pelo Ministério da Cultura e pelo BNDES, com patrocínio do BNDES, do Governo Federal, através da Lei Rouanet, e da Prefeitura do Recife, com apoio da CEPE e Eesti Kultuurkapital, da Estônia. O acesso aos concertos é gratuito.

>> DESTAQUES


Camilla Hoitenga:
a flautista norteamericana, nascida em Michigan e radicada na Alemanha, é destaque nessa edição do Virtuosi. Conhecida pela destreza com diferentes tipos de flauta, a instrumentista executa, além de clássicos, peças ofertadas a ela, como ...Silbern (2) - que será apresentada pela primeira vez na América Latina hoje à noite. A música, um solo de flauta baixo, é inspirada na magia e nos poderes ocultos. Camilla é conhecida por admirar e estudar as tradições culturais japonesas, tendo escrito peças para instrumentistas orientais. Entre seus álbuns mais conhecidos, estão L’Aile du songe (2002) e Prisma (1997), gravados em parceria com Kaija Saariaho.

ABSTRAI Ensemble: formado por Andrea Ernest Dias (flautas), Batista Jr. (clarinetes), Pedro Bittencourt (saxes), Fábio Adour (violão) e José Schiller (produção e eletrônica), músicos residentes no Rio de Janeiro, o grupo tocas peças que combinam diferentes instrumentos sobre o palco. Litania, do português João Pedro Oliveira, por exemplo, reúne sax tenor, violão e eletrônica. Enquanto Eco morfológico, de Liduíno Pitombeira, exige flauta, clarinete,  sax e violão. O conjunto, que partiu em turnê pela Europa entre 2005 e 2009, ganhando reconhecimento internacional, é conhecido por agregar música instrumental e efeitos sonoros tecnológicos.

Ensemble U: o sexteto da Estônia é composto por Tarmo Johannes (flauta), Helena Tuuling (clarinete), Vambola Krigul (percussão), Taavi Kerikmäe (piano), Merje Roomere (violino) e Levi-Danel Mägila (violoncelo), com Tammo Sumera no computador e nos efeitos visuais. O grupo foi fundado em 2002, por Tarmo Johannes e Taavi Kerikmäe. Em 2009, eles lançaram o álbum de estreia, U:. Depois, vieram Protuberantsid (2011) e Alive (2015). Eles buscam interatividade e participação democrática da plateia nos espetáculos instrumentais.

>> CONCERTOS

Quando: 26 a 28 de outubro
Onde: Igreja da Ordem Terceira de São Francisco (Rua do Imperador Dom Pedro II, S/N, Santo Antônio)
Quanto: gratuito

Dia 26, às 19h

Camilla Hoitenga (EUA/Alemanha), flautas

Dia 27, às 19h
Abstrai Ensemble

Dia 28, às 19h
Ensemble U:

>> PALESTRAS

Quando: De 27 a 29 de outubro
Onde: Auditório Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães - Mamam (Rua da Aurora, 265, Boa Vista)
Quanto: inscrições gratuitas pelo site www.virtuosi.com.br

Dia 27 de outubro
09h30 Karola Obermüller (Alemanha/EUA)
11h Karola Obermüller (Alemanha/EUA)
13h30 Fernando Cerqueira (BA)
15h Oiliam Lanna (MG)

Dia 28 de outubro

09h30 Ensemble U: (Estônia)
11h Camilla Hoitenga (EUA)
13h30 Rodrigo Lima (SP)
15h Marcus Varela (RN)

Dia 29 de outubro
09h30 Master Class com Karola Obermüller (Alemanha/EUA)
13h30 Master Class com Karola Obermüller (Alemanha/EUA)


Acompanhe o Viver no Facebook:


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.